Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Darwin teria contraído o mal de Chagas

terça-feira, novembro 17, 2009 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Charles Darwin

No ano do bicentenário de Charles Darwin (1809-1882), historiadores investigam novos indícios que relacionam a insuficiência cardíaca com a doença de Chagas, patologia que o estudioso contraiu em uma viagem à América do Sul.

Darwin, autor da teoria "A Origem das Espécies" (1859), conviveu durante toda a vida com as sequelas da patologia parasitária, transmitida pela picada de um percevejo (o barbeiro) -- portador do parasita Trypanosoma cruzi, causador do mal de Chagas -- quando percorria El Chaco argentino em 1834.

Tanto a picada quanto os sintomas posteriores, que agora se acredita que estejam relacionados com o Chagas, foram registrados no diário de saúde que o hipocondríaco Darwin utilizou durante a viagem a bordo do Beagle -- uma expedição marítima de levantamento topográfico de que participou a partir de 1831.

Essa viagem, por sinal, marcou a vida do naturista e da ciência, já que foi a base da revolucionária teoria evolucionista, explica Jordi Serrallonga, pesquisador do Parc Científic de Barcelona.

Sintoma não associado

Embora a morte de Darwin por Chagas fosse uma possibilidade rejeitada por alguns cientistas porque o naturista anotou em seu diário que após a picada teve febre rapidamente, esse sintoma não era associado ao mal.

Estudos recentes realizados pelo Clinic de Barcelona indicam que há casos nos quais é habitual sim este sintoma na fase inicial, afirma Serrallonga.

De fato, o próprio Darwin nunca acreditou que seus problemas de saúde após a viagem com o Beagle, que o mantiveram praticamente recluso em sua casa de campo até o final da vida, tivessem a ver com alguma doença contraída na aventura pela América do Sul.

Outras teorias acreditam que os problemas de saúde do biólogo inglês foram em muitos casos psicossomáticos. Conforme Serrallonga, no entanto, uma análise dos sintomas, sobretudo vômitos e náuseas --Darwin sempre tinha à mão uma bacia-- indicam que o Trypanosoma cruzi, protozoário causador da doença de Chagas, corria por seu corpo.

Só uma análise dos tecidos do naturista, enterrado na Abadia de Westminster, solucionaria para sempre este enigma.

Doença rural

A doença de Chagas (descrita pela primeira vez há um século por Carlos Chagas) era originariamente uma patologia endêmica das regiões rurais pobres da América Latina --onde há 15 milhões de pessoas infectadas e 100 milhões com risco de contágio--, e que com o passar dos anos foi estendida a outros continentes como consequência da migração.

O Chagas, que provoca inflamação dos tecidos do coração e do esôfago, é uma doença silenciosa que pode ser letal se não se detectada a tempo e cujos tratamentos não são efetivos totalmente, a não ser que seja detectada nos primeiros anos de vida.
Fonte: FolhaOnline
Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).