Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Guia: Meios de cultura para bactérias

sexta-feira, novembro 25, 2011 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Os mais comuns

Tryptic Soy Agar (TSA)
trypticsoy_uninoculated

Tipo: Geral
Propósito: Crescimento de bactérias não fastidiosas
Interpretação: O crescimento indica presença de bactérias não fastidiosas

EXEMPLOS

trypticsoy_e.coli trypticsoy_ps.aeruginosa trypticsoy_s.aureus
E. coli                                                P. aeruginosa                                              S. aureus

Ágar chocolate
chocolate_uninoculated

Tipo: Enriquecido
Propósito: Cultivo de organismos fastidiosos, como Neisseria ou Haemophilus sp.
Interpretação: Alguns organismos crescem no meio que não crescem em meios comuns

EXEMPLOS

chocolate_e.coli chocolate_n.gonorrhoeae chocolate_s.aureus
E. coli                                         N. gonorrhoeae                                        S. aureus

Ágar MacConkey (lactose)
macconkey_uninoculated

Tipo: Seletivo e diferencial
Propósito: Contém sais biliares e cristal de violeta que separam gram negativas (enterobactérias), e diferencia fermentadoras de não-fermentadoras de lactose. Pode incluir outros açúcares além da lactose para melhor diferenciação (por exemplo, para diferenciar E. coli enterohemorrágica (EHEC), que não fermenta sorbitol, de outros tipos de E. coli que o fazem).
Interpretação: Colônias vermelhas indicam fermentação da lactose, brancas indicam que não houve fermentação

EXEMPLOS

macconkey_e.coli1 macconkey_s.aureus macconkey_salmonella
E. coli                                                 S. aureus                                         S. enteritidis

 

Eosin-methylene Blue Agar (EMB)
eosinmethylene_uninoculated

Tipo: Diferencial (lactose) e seletivo (inibição da coloração e precipitação em pH ácido)
Propósito: Diferencia fermentadores de lactose (E. coli) de não fermentadores (Salmonella, Shigella)
Interpretação:
Fermentadores: azul/preto; não fermentadores: sem cor ou roxo claro

EXEMPLOS

eosinmethylene_e.coli eosinmethylene_k.pneumoniae eosinmethylene_salmonella
E. coli                                            K. pneumoniae                                 S. enteritidis

Ágar manitol
mannitolsalt_uninoculated

Tipo: Seletivo e diferencial
Propósito: Seleciona Staphylococci, que crescem em altas concentrações de sal; Diferencia Staphylococcus aureus de outros Staphylococci
Interpretação: Staphylococcus aureus é amarelo (fermenta o manitol), outros staphylococci são brancos

EXEMPLOS

mannitolsalt_s.aureus mannitolsalt_s.epidermidis mannitolsalt_uninoculated (1)
S. aureus                                    S. epidermidis                                             E. coli

Ágar Hektoen

hektoen_uninoculated

Tipo: Seletivo e diferencial
Propósito: Detecta fermentação de lactose, produção de H2S, inibe não-entéricas
Interpretação: Fermentados de lactose: amarelo ou salmão; não fermentadores: sem cor; produção de H2S produz precipitado preto

EXEMPLOS

hektoen_e.coli hektoen_salmonella_dots
E. coli                                     S. enteritidis

Ágar sangue
sheepblood_uninoculated

Tipo: Diferencial e enriquecido
Propósito: Determina o tipo de hemólise (por exemplo: α, β, γ)
Interpretação: α: hemólise parcial; β: hemólise total; γ: sem hemólise

EXEMPLOS

sheepblood_alphahaemolysis sheepblood_betahaemolysis sheepblood_gammahaemolysis
S. pneumoniae (α)                              S. pyogenes (β)                                            E. coli (γ)

MICHIGAN STATE UNIVERSITY

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).