Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Saiba como é a biomedicina no México e confira uma entrevista exclusiva

terça-feira, junho 19, 2012 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Você já deve ter se perguntado se existe biomedicina em outro país e como deve ser por lá. Então hoje o blog apresenta uma entrevista feita com o mexicano Alemão Carpinteyro, que está terminando o curso e, acredite se quiser, lá também tem TCC. O seu trabalho de conclusão é sobre a Acanthamoeba castellanii.

Confira a entrevista. Nela, ele fala como é o mercado de trabalho no méxico, pós-graduação, como foi sua experiência no Brasil, seus planos para o futuro, por que escolheu biomedicina e muito mais!

Blog: Porque você escolheu Biomedicina?
Alemão:
Desde menino, eu tive a curiosidade e inquietação de conhecer porque as coisas acontecem, fenômenos naturais, mas, sobretudo, como acontecem as coisas dentro do corpo humano. Eu decidi estudar a Biomedicina quando estava no último ano da Educação Básica. Pesquisei entre as três melhores universidades da minha cidade e achei um curso chamado Biomedicina. Desde então decidi me preparar durante toda a Educação de Ensino Médio e formar-me com uma média alta, pois entrar neste curso é muito dificil, por duas razões: pede-se uma alta pontuação para iniciar o curso e há poucos na praça.

Blog: Como é a Biomedicina no México?
Alemão:
A Biomedicina no México tem um enfoque totalmente na pesquisa. Existem duas importantes universidades que oferecem o curso a nível nacional: na Cidade do México está a Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM), que oferece o curso chamado “Pesquisa Biomédica Básica” e na cidade de Puebla (onde eu moro) a Benemérita Universidad Autónoma de Puebla (BUAP).

As duas têm uma duração de 5 anos. São as únicas universidades em todo o país a oferecerem o curso de Biomedicina. Contudo, no México há muitas Pós-graduações (Mestrados e Doutorados) para a área biomédica. Ao nível de mestrado e doutorado, no México há muitas áreas a escolher, entre as quais se destacam Imunologia, Biologia Molecular, Epigenética, Toxicologia e Bioquímica.

Blog: Você passou um tempo aqui no Brasil. Como foi a experiência?
Alemão:
Minha experiência foi a seguinte: Na minha universidade temos dois grandes ciclos de estudo (semestres) e o verão. No verão do curso nós temos a oportunidade de fazer uma temporada a nível nacional ou internacional.

O meu principal interesse era em fazer um intercâmbio internacional. Consegui uma bolsa para o Brasil. Fiquei um mês (de junho até julho de 2010) na Universidade Federal do Pará (UFPA) e morei em Belém. Foi uma das melhores experiências da minha vida,  tanto a nível pessoal quanto acadêmico. A famíla com a qual eu morei foi muito calorosa e linda comigo e me adaptei muito rápido porque todos os membros da família eram médicos. Tenho saudades deles e os considero minha família brasileira.

Na UFPA eu fiz um projeto no Laboratório de Genética Médica e Humana sobre a Imunogenética das Populações, analisando genes que expresam aos receptores KIR das células NK e seu possível papel nas doenças autoimunes.

A expêriencia foi maravilhosa, continuei aprendendo técnicas da biologia molecular. Tive companheiras do laboratório que estavam fazendo Mestrado ou Doutorado e para mim foi um prazer conhecê-las. O fato de existirem pessoas com muita capacidade e amor pela ciência no Brasil e no mundo me motiva a continuar neste apaixonante caminho. Minha cidade natal é muito parecida com a cidade na qual morei no Brasil, as pessoas são lindas, há muitos lugares para visitar, inclusive as cores do time estatal de Futebol são iguais!

Blog: Qual a área que você pretende seguir depois de formado?
Alemão:
A área que eu pretendo continuar estudando depois de formado é PARASITOLOGIA CELULAR E MOLECULAR.

Blog: Como é o mercado de trabalho para o Biomédico no México?
Alemão:
A Biomedicina é uma área nova no México. Ainda não temos um amplo campo do trabalho. A maioria dos estudantes que terminam o curso em Biomedicina escolhe estudar uma Pós-graduação na Cidade do México ou viajar para fora do país para se especializar em países como Inglaterra, Alemanha, Austrália e Brasil, pois são países mais avançados nesta área. Conforme passa o tempo, o México está criando mais Instituições de Investigação Científica, onde oferecem vagas para pesquisador e pode-se estudar muitas linhas da pesquisa, não obstante, aqui são feitos muitos simpósios de divulgação científica.

Blog: Você gostou do Brasil? Pretende voltar algum dia?
Alemão:
Gostar é pouco. Eu fiquei impressionado pela cultura brasileira. Para mim foi a melhor experiência da minha vida, profissional e pessoal.

Quando eu cheguei ao Brasil, não tinha conhecimento da língua, mas um mês foi suficiente para ficar apaixonado e aprender um pouco e voltar ao México muito determinado para estudar a língua. Atualmente estou terminando todos os níveis de português; eu vou certificá-lo e com certeza quero voltar a estudar a Pós-graduação no Brasil.

Quero estudar o Mestrado chamado “A Biología da Relação Parasita-Hospedeira” no Instituto de Ciências Biomédicas na Universidade de São Paulo (USP). Não me esqueço dos meus amigos do Laboratório de Genética Médica e Humana da UFPA, eu gostaría muito de visitá-los quando estiver morando aí, assim como visitar a minha querida família brasileira a qual eu tenho muitas saudades.

Blog: Considerações finais.
Alemão:
Agradeço muito a oportunidade de contar minha experiência no Brasil ao Brunno Câmara e seu blog “Biomedicina Padrão”; do mesmo modo dar a conhecer a situação atual desta maravilhosa área que é a Biomedicina no México. Deixo saudações a todos os letores e se vocês gostarem, podem me adicionar no Facebook. Abraços e Beijos!


https://www.facebook.com/Alemayus

Agradeço pela entrevista. É bom saber como é a biomedicina em outros lugares do mundo.

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).