Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Tempo de tromboplastina parcial ativada - TTPA

terça-feira, junho 05, 2012 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

É o tempo medido entre a adição de cálcio, na presença de uma cefalina (fator de contato) e a coagulação do plasma. A presença de um fator de contato (cefalina) ativa as reações da via intrínseca da coagulação.

O tempo de tromboplastina parcial corresponde ao tempo gasto para ocorrer a coagulação do plasma recalcificado em presença de cefalina. O TTPA estará aumentado quando o paciente tiver deficiência de fatores da via intrínseca (XII, XI, IX e VII) e de fatores da via comum (X, V, II e fibrinogênio). É o caso de pacientes com hemofilias A e B, doenças hepáticas, uso de anticoagulantes e deficiência de vitamina K, uma vez que os fatores II, IX e X dependem desta vitamina.

O TTPA consiste na determinação do tempo de coagulação do PPP (Plasma Pobre em Plaquetas) citratado, após a adição de um ativador da fase de contato da coagulação (por isso é dito “ativado”), e de um reagente, a cefalina, que substitui o fosfolipídio da membrana plaquetária ou F3P, uma vez que se trabalha com o PPP.

O último reagente a ser adicionado é o cálcio, que reverte à ação do citrato. O ativador da fase de contato pode ser o caolim, o ácido elágico, a celite ou ainda o dextram. Este ativador que é colocado em excesso vai ativar o fator XII, na presença de precalicreína e cininogênio de alto peso molecular, e o fator XIIa vai transformar o fator XI em XIa.

O XIa ativa o fator IX em IXa, e este junto com o fator VIII-C que atua como cofator vai ativar o fator X. Esta é a chamada Via Intrínseca da coagulação. O fator Xa inicia então a Via Comum, ativando o fator II na presença de fator V e do F3P, que no TTPA é representado pela cefalina. O fator IIa ou trombina, coagula então o fibrinogênio, transformando- a em fibrina.

A cefalina é um fosfolipídeo extraído de cérebro de maneira semelhante à tromboplastina, mas com a diferença que a cefalina não possui atividade de fator tissular, isto é, não é capaz de ativar o fator VII (por isso ela é chamada tromboplastina parcial).

Fonte: Labtest. Guia técnico: coagulação. 2009

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).