Perguntas e Respostas #1

Por Brunno Câmara - sexta-feira, janeiro 11, 2013


Curta nossa página ↓

Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

p&r

Todas as perguntas publicadas aqui foram feitas pelo site ask.fm/Biomedicina. Toda semana colocarei aqui algumas, pois acho que podem ser as mesmas dúvidas de outros estudantes e biomédicos.

Na sua opinião, qual curso seria melhor para ingressar num laboratório clínico: Biomedicina, Farmácia ou Biologia?‎

Sem dúvida, Biomedicina. A maioria das faculdades de Biomedicina direciona o aluno para atuar em análises clínicas. Então o biomédico é formado com grande conhecimento na área, mais do que o Biólogo e o Farmacêutico.

Só cursa Biomedicina quem não consegue passar em Medicina?

Depende de cada pessoa. Hoje não tenho a mínima vontade de fazer Medicina. As pessoas a escolhem como primeira opção por que é a mais conhecida. Depois que você conhece as outras profissões na área da saúde sua opinião pode mudar, ou não.

Qual a média salarial de um perito criminal, o que é necessário fazer para se tornar um, após concluir o curso de biomedicina?

Para Polícia Estadual depende do estado, aqui em GO, por exemplo, é em torno de R$ 7.000,00. Na Polícia Federal é em torno de R$ 13.000,00. Para tornar-se perito você pode fazer um curso de pós-graduação, passar em concurso público ou trabalhar particularmente.

Existem faculdades que preparam o discente para duas áreas de atuação (simultaneamente)?

Sim. Algumas faculdades oferecem mais de uma opção de estágio curricular, como acupuntura, imagenologia, pesquisa, entre outras. A maioria porém ainda oferece apenas o estágio em análises clínicas. Mas você pode conseguir as 400h fazendo estágios paralelos ao obrigatório.

Já ouvi muito que o Brasil pouco investe em pesquisas científicas, sendo assim, quais os melhores países para quem quer seguir nessa área?

Estados Unidos, Japão e Nações Europeias. O Brasil está crescendo bastante nessa área, mas precisa melhorar muito.

Saber o espanhol é considerado um “Q” a mais no currículo?

Uma língua estrangeira sempre é um ponto a mais no currículo.

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior dos cursos de graduação em Biomedicina e Farmácia. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestrando no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - UFG (IPTSP-UFG). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.

  • Compartilhar:

Artigos relacionados

0 comentários

Não temos interesse em publicar nada que nos ofenda ou ofenda outros visitantes. Só são aprovados textos que valorizem o que fazemos aqui e que podem ajudar outras pessoas, agregando valor ao conteúdo. O comentário precisa ser útil!