Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Fatores de virulência do Streptococcus pyogenes

domingo, março 31, 2013 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Os fatores de virulência  são estruturas, produtos ou estratégias que as bactérias utilizam para causar uma infecção. Alguns estão relacionados com a colonização do micro-organismo e outros com as lesões do organismo, como por exemplo as toxinas.

Entre os fatores de virulência relacionados aos Streptococcus pyogenes tem-se:

- Fímbria: possibilita a fixação da bactéria à mucosa faringoamigdalina;
- Toxina eritrogênica: responsável pelo eritema da escarlatina;
- Cápsula: confere resistência à fagocitose;
- Proteína M: interfere com a fagocitose de modo que amostras ricas nesta proteína são resistentes, tornando-se sensíveis na presença de anticorpos anti-M;
- Ácidos  lipoteicóicos:  importantes  componentes  da  superfície  dos estreptococos do grupo A, formando fímbrias juntamente com a proteína M;
- Peptideoglicano: é tóxico para células animais in vitro e in situ;
- Estreptolisina S: é a responsável pelo halo de hemólise. Estudos recentes sugerem que ela é responsável pela morte de uma parte dos leucócitos que fagocitam o S. pyogenes;
- Estreptolisina O: também é uma hemolisina, mas só é ativa na ausência de oxigênio.  Parece  contribuir  com  a  virulência  do  S.  pyegenes  porque  pode lesar outras células além das hemácias.
- Estreptoquinase,  desoxirribonuclease  e  hialuronidase:  são  enzimas produzidas  pela  maioria  dos  S.  pyogenes estando provavelmente envolvidas na patogênese das infecções estreptocócicas.

NISENGAND & NEWMAN. Microbiologia Oral e Imunologia, 2ª ed, Editora Guanabara Koogan. Rio de Janeiro, 395p, 1997.
TRABULSI et a.l. Microbiologia,  3ª ed, Editora Atheneu. São Paulo, Rio de Janeiro, Belo horizonte, 586p, 1999.

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).