Descrição morfológica de colônias em microbiologia

Por Brunno Câmara - terça-feira, agosto 06, 2013


Curta nossa página ↓

Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

As primeiras culturas bacterianas eram realizadas apenas em meio sólido e, desde então, descrever a aparência das colônias vem sendo uma importante ferramenta na microbiologia. Inclusive, isso é umas das primeiras técnicas ensinadas nas aulas práticas de microbiologia na faculdade.

Mas existem diferentes termos para caracterizar a aparência dessas colônias, e os sistemas de nomenclatura vão do simples ao complexo. Mesmo assim a técnica é muito utilizada e útil no laboratório de microbiologia.

Como a morfologia é influenciada pelo tipo do meio e pelas condições de crescimento, cuidados devem ser tomados antes de descrever os parâmetros. Uma boa determinação da morfologia das colônias depende de uma boa semeadura pois necessita-se que as colônias sejam bem separadas.

Basicamente, as colônias são classificadas e descritas através de três critérios: forma, elevação e margem:


Forma cirular e margem inteira/Meio: TSA
 
Serratia marcescens                              Staphylococcus aureus

Forma Irregular                                             Forma filamentosa
 
Mycobacterium smegmatis                              Streptomyces albus

Forma circular, elevação papilada                    Forma irregular, margem ondulada
 
Pasteurella multocida                                 Isolado desconhecido

Forma rizoide                                                           Elevação plana
 
Nocardia asteroides                                      Pseudomonas aeruginosa

Elevação convexa
 
Streptococcus salivarius                               Streptomyces albus

Com informações da Sociedade Americana de Microbiologia/Imagens: Microbe Library

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior dos cursos de graduação em Biomedicina e Farmácia. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestrando no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - UFG (IPTSP-UFG). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.

  • Compartilhar:

Artigos relacionados

0 comentários

Não temos interesse em publicar nada que nos ofenda ou ofenda outros visitantes. Só são aprovados textos que valorizem o que fazemos aqui e que podem ajudar outras pessoas, agregando valor ao conteúdo. O comentário precisa ser útil!