Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Biomedicina e Empreendedorismo

domingo, setembro 22, 2013 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

O que mais se vê na Biomedicina são estudantes e recém-formados reclamando da falta de emprego e salários injustos, já que estudamos tanto durante a graduação. Mas é durante esse período que poderíamos ter a oportunidade de desenvolver um espírito empreendedor, só que quase todas as faculdades da área da saúde não instigam os estudantes a desenvolver tal espírito.

Elas [as faculdades] passam o conhecimento aos alunos e, às vezes, ensinam como conseguir um emprego. Mas será que só há esse caminho? Por que não ser seu próprio chefe e fazer a diferença, criar algo inovador? Com o objetivo de ajudá-los a ver o mercado de trabalho com outros olhos, o blog terá uma nova seção, chamada EMPREENDEDORISMO. Espero que sirva de inspiração para vocês “pensarem fora da caixa”.

Mas o que é um empreendedor?

O empreendedor é uma pessoa que dá início a uma organização, que identifica oportunidades, prepara-se e reúne os recursos necessários, sejam estes humanos, financeiros ou tecnológicos, para concretizar sua ideia. Ele insiste, persiste, persuade e busca alternativas para chegar aos seus objetivos e provar suas teorias.

Empreendedorismo na área da saúde

Em outros setores é relativamente mais fácil, mas e na área da saúde? Os profissionais da área têm espírito empreendedor? Sabem enxergar oportunidades? Têm a ousadia de arriscar tempo, esforço e dinheiro para dar vida a um sonho?

Você pode ser o próximo a desenvolver uma técnica de diagnóstico inovadora ou mudar o jeito como o sistema funciona. Só depende de você e sua força de vontade e otimismo.

Na área da saúde é muito difícil responder essas questões, porque não somos formados para isso, e menos ainda motivados para buscar soluções, criar modelos alternativos e inovar.

As faculdades de saúde focam na formação assistencial, de tratamento, de pesquisa científica, e para completar a dependência, também ensinam obediência e hierarquia, uma vez que durante quase toda nossa vida acadêmica e também profissional,  que tratamos e convivemos com pacientes, temos alguém superior a nós, alguém que nos ajudará a resolver nossas deficiências assistenciais.

E quem nasce com essa inquietude empreendedora, acaba se desmotivando, sentindo-se sozinho, incompreendido, como agulha no palheiro e termina por se acomodar ao sistema, perdendo seu espírito e esquecendo sua essência.

Por causa desse cenário, vou tentar trazer material inspirador e motivador, todas as semanas, e espero que consiga pelo menos plantar uma sementinha de inquietude em vocês, para que vejam que há muito mais coisas na Biomedicina além de ser um mero empregado.

Algumas partes do texto retiradas de Dr. Teuto

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).