Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

5 dicas para você não se dar mal nas provas de anatomia

quarta-feira, janeiro 08, 2014 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Medo da prova de anatomia: #QuemNunca?

As aulas de anatomia são bem legais, geralmente ministradas nos primeiros semestres do curso, pois é nesse momento que você entra em contato com os cadáveres e peças anatômicas.

Apesar disso, a matéria de anatomia é considerada por muitos alunos como o terror do início do curso, por causa da quantidade de estruturas estudadas. Haja forames, ossos e processos para um único cérebro.

Por sorte, a maioria das faculdades a divide em dois semestres, chamando de Anatomia I e II. Mesmo assim, fica difícil decorar aprender todos os nomes dessas estruturas, e ainda lembrar de todos na hora das provas, teórica e prática.

Quando passei por essas matérias desenvolvi algumas técnicas que me ajudaram bastante a fixar o conteúdo estudado e sair bem nas provas. Então vou compartilhar com vocês, e quem sabe os ajudem também.

1- Anatomia para colorir

anatomia-colorir-biomedicina

Bem, essa não foi exatamente uma ideia minha, mas sim da minha professora de anatomia. Ela sempre deu suas aulas práticas em peças e cadáveres, mas passava a pintura das apostilas para ajudar na fixação do conteúdo.

Tinha gente que reclamava, dizendo que se fosse para pintar tinha escolhido outra profissão, ou que pintar era coisa de criança, etc. No meu caso, nunca achei ruim, já que de fato ajudava a aprender e lembrar da matéria nos dias de prova.

2- Atlas de anatomia

Quem nunca teve/tem vontade de ter um atlas de anatomia? Porém, o preço de um livro desse não é para qualquer um, ainda mais estudante, que está sempre “quebrado”. Para você ter uma ideia, o atlas do Sobotta está em torno de R$ 540,00, e o do Netter custa R$ 320,00.

Como alternativa eu usava os atlas disponíveis na biblioteca (sim, ela ainda existe) da minha faculdade. Um atlas sem dúvida ajuda e muito no aprendizado, pois as imagens vêm com descrição e você pode ler mais coisas, além do que a sua professora passou na aula.


Relacionado
Opções web para viajar pelo corpo humano em 3D - biomedicinapadrao.com/anatomia

3- Complete a lacuna

Outra coisa que me ajudou bastante foi salvar as figuras no computador, do sistema que estava estudando na época, editá-las, apagando todos os nomes das estruturas, deixando apenas o espaço para ser completado.

Logo após, imprimia essas imagens (colorido) e tentava completá-las, escrevendo os nomes sem ajuda dos livros, depois conferia as respostas para ver se tinha acertado ou não. Abaixo um exemplo, para vocês terem um ideia melhor de como era.

ossospunho

4- Aula de Anatomia (website)

Na busca por sites onde poderia encontrar ajuda, encontrei o auladeanatomia.com. No menu lateral você verá os sistemas do corpo humano e poderá navegar por cada um e ver as imagens com todos os nomes das estruturas dos órgãos. É um verdadeiro atlas de anatomia, online e de graça.

5. Aulas extras no laboratório/Monitoria

Minha aula começava às 17 horas. Pelo menos duas vezes por semana eu chevaga mais cedo e ia para o laboratório de anatomia estudar nas peças. Quando tinha alguma dúvida perguntava aos monitores.

Muitos colegas esperavam alguns dias antes da prova para fazer isso, mas acabavam frustrados ao ver que vários outros alunos tiveram a mesma ideia e os laboratórios estavam lotados, inclusive com alunos de outros cursos, como enfermagem e fisioterapia, além de não existirem peças para todos estudarem ao memo tempo.

Bônus

Como percebi que nem todo mundo tem acesso a bons materiais de anatomia, criei um kit de estudos de anatomia, com os principais sistemas do corpo humano. Você pode saber mais e comprar nesse link: http://www.biomedicinapadrao.com.br/2013/08/kit-de-anatomia.html. Ele custa R$ 7,00. Não substitui um atlas, mas é uma ajuda a mais nos seus estudos.

Então foi assim que consegui passar por essa matéria, e mais do que isso, aprendi de verdade, não apenas decorei. Mas com o passar do tempo, se a gente não pratica vai esquecendo aos poucos, mesmo assim as noções básicas a gente não esquece.

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).