Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Biomédica esteta, Lorena Soares, comenta caso de mulher que se passou por biomédica

domingo, novembro 02, 2014 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Primeiramente, quero pedir a Deus pela família de Maria José, que leve conforto e cuide de todos. Segundo, também peço pela Raquel e seu namorado Fábio, que Deus os proteja e seus familiares, infelizmente aprenderam da pior forma o que é senso de responsabilidade e, que lidar com procedimentos em pessoas não é tão simples quanto a técnica parece. Mas tenho plena convicção que a intenção nunca foi de levar a óbito nenhum paciente.

Saiba mais aqui: Mulher se passa por biomédica, aplica substância em cliente, que morre após o procedimento

Sou Biomédica Esteta, pioneira em projeto de pós-graduação lato sensu no Brasil, com formação de seis turmas pelo Brasil: duas turmas em Goiânia, duas turmas em São Paulo, uma turma em Brasília e uma turma em Belo Horizonte. Ainda dou aulas em turmas de Salvador, Brasília e Goiânia. Já fui convidada a ministrar em Maceió. Sou organizadora e professora também de 15 cursos de capacitação em Saúde Estética pelo meu Instituto Vida Saúde e Estética.  Trabalho juntamente com minha sócia Viviane Cândida e uma equipe fantástica com a Saúde Estética há três anos. Então acredito que tenho gabarito para aqui defender a Biomedicina Estética.

Nossa habilitação surgiu no dia 22 de fevereiro de 2011, e sempre se mostrou, cuidadosa, cautelosa, ética e responsável. Fiquei extremamente magoada nessa última semana em saber que a simples possibilidade, ou melhor, o simples fato de alguém se apresentar como biomédica, fez com que profissionais, imprensa e pessoas nos atacassem sem o mínimo de respeito.

Sempre ensinei aos meus alunos, e posso pedir o testemunho de todos aqui hoje: primeira coisa que vocês têm que lembrar ao realizar qualquer coisa em um paciente é que estão lidando com vidas, com organismos vivos, e que jamais poderão esquecer das matérias básicas da biomedicina, que ficamos anos sentados nos bancos universitários estudando, como anatomia, fisiologia, bioquímica, histologia, imunologia etc, ainda os lembro de que para sempre nossa bíblia será o tratado de fisiologia.

Leia mais: O lado científico da Biomedicina Estética

Vocês acham que entramos na estética e esquecemos nossa grade curricular extensa e completa? Vocês acham que o conselho federal de biomedicina nos deram uma habilitação sem critérios? Lógico que não. Sabemos onde podemos ir, e sabemos que vamos onde daremos conta de tratar as consequências. Poderia dar uma aula aqui sobre cada procedimento que é permitido ao profissional biomédico esteta e explicar o antes, durante e após, e em caso de algo dar errado, pois não somos máquinas previsíveis, como lidaremos com esses "efeitos colaterais", pois é assim que se decide até onde cada profissional pode ir em sua área de atuação.

RESPONSABILIDADE E ÉTICA. Não se ganha uma habilitação em estética; se conquista, estuda, se prepara com anos de graduação, mais anos de especialização e ainda não para por ai, o resto da vida de atualizações. Estamos habilitados a realizar: prescrição, toxina botulínica tipo A, preenchimentos faciais semi-permanentes (jamais em nenhuma pós-graduação sob meu comando em nenhum dos meus 15 cursos foi ministrado preenchimentos corporais, e foi sempre deixado claro que devido aos riscos é somente procedimento médico), lasers, eletroterapias, intradermoterapias e vários outros, que estão bem descritos em nossas resoluções todas publicadas no Diário Oficial da União.

Leia mais: Biomédicos estetas agora estão habilitados a prescrever substâncias para fins estéticos

Então, peço aqui humildemente RESPEITO AO PROFISSIONAL BIOMÉDICO ESTETA. Aliás, a todos os profissionais da saúde que buscam dar seu melhor. Antes de se submeter a qualquer procedimento, lembre-se de que existe um registro nos conselhos de classe, que o nosso se chama CRBM; peça ele ao profissional que está lhe atendendo e ligue no conselho e confirme se esse profissional está inscrito, qual é a sua habilitação e o que está permitido a ele. Isso vai ajudar muito os biomédicos, farmacêuticos, fisioterapeutas, médicos e nutricionistas sérios, que estudam e buscam excelência, a serem valorizados no mercado.

Sobre aqueles que utilizam nossas profissões, sem ao menos ter passado por todo sacrifício, estudo, preparação para realmente apresentar-se como Dr, com CRBM e usar nossa profissão para conquistar vocês como pacientes, e depois algo acontece de errado e denegrir justamente nós, que estamos lhe esperando com todo conhecimento, respeito e ética para levar o melhor.

Falhas todos podem cometer, mas com cuidado essas falhas diminuem e os riscos são menores e teremos todo respaldo para conduzirmos a melhor conduta. Sabemos até onde podemos ir, sabemos dar os primeiros socorros e encaminhar aos nossos colegas médicos para a melhor conduta terapêutica, caso se faça necessário.

Leiam na íntegra toda a reportagem do portal de notícias G1 Goiás, que para mim é o único que tem critério e cuidado ao emitir qualquer notícia antes de sair afirmando que "biomédica mata paciente". Odeio jornal sensacionalista.

Dra. Lorena Soares
CRBM-GO 4677
Biomédica Esteta
www.facebook.com/lorenaaraujosoares

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).