Participe do projeto: Mapeamento Eletrônico das Parasitoses no Brasil

sexta-feira, novembro 17, 2017 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

O Mapeamento Eletrônico das Parasitoses no Brasil (e-MAP) é um estudo epidemiológico retrospectivo multicêntrico que pretende atualizar a prevalência e a geolocalização das parasitoses no Brasil, com base nos resultados de exames parasitológicos realizados de 2015 a 2018 por laboratórios públicos e privados distribuídos em todos os estados brasileiros.

Para o recrutamento e a seleção (inclusão ou exclusão) dos laboratórios participantes serão utilizadas ferramentas digitais, como: aplicativos multi-plataforma de mensagens instantâneas e chamadas de voz para smartphones ou computadores (WhatsApp e Telegram), mídias sociais (Facebook) e outros meios eletrônicos (e-mail e sítios eletrônicos de Sociedades Científicas parceiras).

O Brasil é um país endêmico para diversas doenças parasitárias. Dessa forma, diante dos inúmeros cortes no orçamento da ciência/saúde nos últimos anos, resolvemos criar uma estratégia alternativa, através de uma metodologia inovadora (ferramentas digitais) para continuarmos em busca de uma melhor qualidade de vida para as pessoas residentes em áreas endêmicas do nosso país. Os dados gerados com esta pesquisa terão relevância epidemiológica nacional e internacional, em virtude da globalização. Estudos com este desenho experimental são relevantes e destacam a importância das Análises Clínicas em todos os níveis da atenção à saúde.


Clique no link para participar:

http://goo.gl/forms/jgY11UNJLDpD6dU82


A primeira etapa do projeto consiste na aplicação de um formulário simples, disponibilizado pelas ferramentas digitais já citadas, com o objetivo de identificar laboratórios que realizam exames parasitológicos e que teriam interesse em participar da pesquisa (laboratórios candidatos). Dependendo do número de laboratórios cadastrados, o projeto seguirá para a segunda etapa, após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos.

Na segunda etapa, após assinatura de “Termo de Declaração de Uso Específico dos Dados Coletados” e de Termo de Compromisso para Utilização de Dados de Arquivos” entre pesquisadores e laboratórios cadastrados, os dados referentes aos exames parasitológicos serão disponibilizados aos pesquisadores, por meio digital para análise dos resultados. Por meio desta análise, teremos condições de mapear todas as regiões do Brasil no período de 2015 a 2018 para a maioria das doenças parasitárias, identificando e caracterizando as principais áreas e comunidades afetadas. Esse mapeamento será disponibilizado para os órgãos públicos competentes central e regionais e servirá como uma base de evidência para o auxiliamento na adoção de estratégias de intervenção para o controle e eliminação destas doenças. A meta deste estudo será cadastrar e coletar dados de 500 laboratórios públicos e privados dos 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

Pesquisadores:

A pesquisa será liderada por 4 profissionais envolvidos com a área de Análises Clínicas e Parasitologia:

- Dra. Camila Henriques Coelho Biomédica (Universidade de Uberaba), Mestre em Ciências (USP), MBA em Gestão Acadêmica e Universitária – CONSAE, Doutora em Ciências Farmacêuticas (UFMG). Pós- doutoramento no Departamento de Biologia da Georgetown University. Atuou com docente na Faculdade Finom (Microbiologia), na FAMINAS (Parasitologia), na UFOP (Bacteriologia). Residente pós-doutoral do Laboratory of Malaria Immunology and Vaccinology (National Institute of Allergy and Infectious Diseases - NIH, Estados Unidos). Consultora da empresa PG-BIOTEC Pesquisas Científica LTDA.

- Especialista, Helder Cavalcante Fortes Farmacêutico (UFMT), Especialista em Citologia Clínica (ISMD), Proprietário e Gestor de Laboratório de Análises Clínicas, Fundador dos grupos de discussão científica através de plataformas digitais – Grupos ACB – Análises Clínicas do Brasil.

- Dra. Mauren Isfer Anghebem Farmacêutica (PUC-PR), Especialista em Análises Clínicas e Toxicológicas (UTP), Especialista em Citologia Cérvico-Vaginal (SBAC), Mestre e Doutora em Ciências Farmacêuticas com ênfase em Análises Clínicas (UFPR). Docente da Escola de Ciências da Vida (Farmácia e Medicina) da PUC-PR e docente do Departamento de Análises Clínicas da UFPR. Conselheira no CRF-PR e membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC).

- Dr. Pedro Henrique Gazzinelli Guimaraes Biomédico (FCS-FUMEC), Mestre e Doutor em Parasitologia (ICB-UFMG). Foi consultor do programa Schistosomiasis Control Initiative (SCI) da Imperial College - Londres, UK e Supervisor do projeto Schistosomiasis Consortium for Operational Research and Evaluation (SCORE) em Moçambique, gerido pela University of Georgia em Athens - Estados Unidos. Atualmente é residente pós-doutoral do National Institute of Allergy and Infectious Diseases - NIH, Estados Unidos. Diretor da empresa PG-BIOTEC Pesquisa Científica LTDA.


Clique no link para participar:

http://goo.gl/forms/jgY11UNJLDpD6dU82

Brunno Câmara Biomédico

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596. Mestrando no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - UFG (IPTSP-UFG). Coordenador do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.