Uso do PSA como ferramenta na prática forense

Por Brunno Câmara - sexta-feira, outubro 05, 2012


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits


Peritos criminais do Laboratório de Biologia e DNA Forense do Instituto de Criminalística Leonardo Rodrigues da Secretaria de Segurança Pública e Justiça do Estado de Goiás determinaram que a análise qualitativa do antígeno prostático específico (PSA) pode ser uma importante ferramenta na prática forense.

O número de exames forenses relacionados a vítimas de casos de estupro está aumentando constantemente. A identificação do sêmen é de extrema importância na investigação destes casos e outros crimes sexuais.

O procedimento mais comum, utilizado para identificação de sêmen, é a detecção citológica do espermatozoide. O Antígeno Prostático Específico (PSA) é uma glicoproteína produzida pelo tecido da próstata e secretada no plasma seminal.

O PSA é utilizado como um biomarcador de câncer e como marcador forense na detecção da presença de fluido seminal.

Neste estudo foram avaliadas 263 amostras de swabs e outras peças através de testes de PSA em membranas imunocromatográficas. Os resultados indicam que este método pode ser utilizado para identificar a presença de sêmen em amostras forenses e apresenta nível de concordância maior que 85% com a pesquisa citológica de espermatozoide.

Leia o artigo na íntegra:

Uso da Análise Qualitativa do Antígeno Prostático Específico (PSA) como Ferramenta na Prática Forense.
Ian Marques Cândido, Fernanda do Carmo Rodrigues, Keiti Machado de Borba , Luciano Figueiredo de Souza.
NewsLab - edição 113 - 2012

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior dos cursos de graduação em Biomedicina e Farmácia. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestrando no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - UFG (IPTSP-UFG). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.

  • Compartilhar:

Artigos relacionados

0 comentários

Não temos interesse em publicar nada que nos ofenda ou ofenda outros visitantes. Só são aprovados textos que valorizem o que fazemos aqui e que podem ajudar outras pessoas, agregando valor ao conteúdo. O comentário precisa ser útil!