Biomédica faz live para comentar o descaso da ciência no Brasil

A biomédica pesquisadora Alexandra Galvão, da página CientificaMente, fez uma live no Facebook para mostrar a situação da ciência brasileira, num momento em que os órgãos de fomentos estão diminuindo as verbas para bolsas de indicação científica e pós-graduação stricto sensu.

Já não bastasse o sucateamento dos nossos laboratórios de pesquisa, o governo está querendo cortar as verbas de uma área primordial para o desenvolvimento do país.

Confira o vídeo e veja a realidade do cientista brasileiro.

POLÊMICA: Cientista revela verdade...

Posted by CientificaMente on Wednesday, August 9, 2017

Até 12 vagas para Biomédicos na Residência Multiprofissional em Vigilância Sanitária INCQS/Fiocruz (2018)

Seleção de candidatos às vagas do Programa de Pós-Graduação na modalidade de Residência Multiprofissional em Saúde na área de Vigilância Sanitária para o período letivo de 2018.

O Coordenador do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde, no uso de suas atribuições legais, torna público e estabelece as normas do processo seletivo para o preenchimento das vagas do curso de Residência Multiprofissional em Saúde na área de Vigilância Sanitária com Ênfase na Qualidade de Produtos, Ambiente e Serviços.

O principal objetivo do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde do INCQS é a formação de recursos humanos altamente qualificados, com competências primordialmente nas questões da Vigilância Sanitária e atuação em laboratórios de controle de qualidade de produtos, ambientes e serviços.

Área de concentração

Vigilância Sanitária com Ênfase na Qualidade de Produtos, Ambiente e Serviços.

Vagas

12 vagas para os cursos citados abaixo, inclusive biomedicina.

Local

Estado do Rio de Janeiro.

Bolsa

Em acordo com legislação vigente será paga aos residentes uma bolsa mensal no valor de R$ 3.330,43.

Requisitos

Candidatos detentores dos títulos de Farmácia, Biologia, Medicina Veterinária, Biomedicina, Microbiologia e Imunologia ou Nutrição, que tenham concluído o ensino superior há no máximo dois anos.

  • Registro no conselho de classe;
  • Não ter vínculo empregatício.

Duração e carga horária

Os programas de Residência em Área Profissional de Saúde e Multiprofissional seguem as diretrizes do Ministério da Educação, portanto, são desenvolvidos em regime de dedicação exclusiva, com duração de 24 meses, com carga horária total de 5.760 horas, sendo 80% voltadas para a prática em serviço (4.608 horas) e 20% teórico-práticas (1.152 horas). A carga horária é cumprida em jornada de 60 horas e uma folga semanal, programadas em calendário disponibilizado mensalmente.

Inscrições

De 18 a 20 de setembro de 2017.

Taxa: não informada no edital.

Link para o edital


Biologia molecular, hematologia, biotecnologia, residência e concursos – A biomedicina vista por diferentes ângulos

Desde que comecei a fazer biomedicina, até os dias atuais, sempre busquei levar as informações sobre nossa profissão para quem tem interesse em ingressar na nossa área.

Agora, unido com outros biomédicos espalhados pelo Brasil, criamos uma série de vídeos no YouTube para tirar as dúvidas sobre a biomedicina.

Confira os vídeos!

Biologia Molecular

Biotecnologia e Biomedicina fora do Brasil

Concursos para Biomédicos

Residência multiprofissional e Hematologia e hemoterapia


Entrevista sobre Microbiologia de Alimentos com a Biomédica Louise Rodrigues

Louise Rodrigues Barreto é biomédica, formada em 2011 pela Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC (Ilhéus, Bahia), com habilitações em análises clínicas e análises bromatológicas, especialista em Citopatologia Oncótica pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e mestre em Biologia e Biotecnologia de Micro-organismos pela UESC. Atualmente trabalha como coordenadora e docente do curso de Biomedicina da Faculdade Estácio Feira de Santana.

Por que você escolheu Biomedicina?

Louise Rodrigues: As áreas da biologia e saúde sempre chamaram a minha atenção e, quando iniciei o período de conclusão do ensino médio uma prima comentou sobre o curso de Biomedicina, que estaria envolvida nas duas áreas. Durante as pesquisas que realizei sobre a profissão, me encantei muito com as áreas de atuação e diversidades de descobertas que poderiam vir dentro destas possibilidades. Após visita a Universidade e conversa com alunos e profissionais, optei pelo curso sem ter definido a área de atuação que gostaria de seguir, mas com disposição de buscar oportunidades de vivenciar as áreas que mais me encantaram e chamaram atenção (genética, microbiologia, análises clínicas e pesquisa).

Como e quando foi o seu primeiro contato com a microbiologia de alimentos?

Louise Rodrigues: Meu primeiro contato com a microbiologia de alimentos foi ainda dentro da Universidade, quando participei voluntariamente de um projeto de pesquisa que trabalhava com o isolamento de bactérias provenientes da fermentação do cacau para utilização em probióticos. Depois acabei mudando a linha de pesquisa na iniciação científica, mas continuei a pesquisar e trabalhar com a microbiologia. Durante o período de estágio curricular obrigatório surgiu a oportunidade de concorrer a uma vaga para estágio no setor de garantia da qualidade de uma Indústria Multinacional localizada na região, a Dairy Partners Americas - NESTLÉ. Optei por participar da seleção, pois seria a oportunidade de ter experiência em uma área diferente da saúde, e dentro da indústria eu teria a possibilidade de atuar com a bromatologia e microbiologia de alimentos.

Quais são as atribuições do biomédico na microbiologia de alimentos?

Louise Rodrigues: Antes de falar sobre a atuação do Biomédico na área, vale salientar que os micro-organismos podem ser classificados em grupos distintos de acordo com a interação com o produto. Alguns organismos podem fazer parte do processo de produção trazendo alterações benéficas, e outros, considerados como contaminantes, trazem alterações inadequadas ou levam risco à saúde.

Utilizando como base a legislação específica para o alimento que será produzido, o profissional biomédico é responsável pela pesquisa e controle de micro-organismos desde a matéria-prima que chega à fábrica até o produto final. Além de garantir que os alimentos liberados para o consumo possuam qualidade e não ofereçam riscos a saúde com contaminação de micro-organismos patogênicos.

Qual a diferença da microbiologia clínica e microbiologia de alimentos?

Louise Rodrigues: Na microbiologia clinica o profissional tem como objetivo investigar os micro-organismos envolvidos em processos patológicos e mecanismos de resistência antimicrobiana, auxiliando no diagnóstico para um tratamento adequado e direcionado ao agente patogênico em questão.

A microbiologia de alimentos envolve a garantia da segurança alimentar relacionada a qualidade e vida útil do produto. O objetivo é trabalhar sempre de forma preventiva e com garantia da inocuidade do produto final.

Onde o biomédico microbiologista de alimentos pode atuar e como você avalia o mercado de trabalho para os biomédicos nessa área?

Louise Rodrigues: Podemos atuar na garantia da qualidade de indústrias alimentícias que desenvolvam o processamento de produtos tradicionais e de novos produtos alimentícios. Além de centros de pesquisas no desenvolvimento de produtos com alegações funcionais e de promoção à saúde, como os probióticos e prebióticos; e na identificação e seleção de micro-organismos que melhorem ou otimizem a produção de alimentos que dependam deles, a exemplo das leveduras utilizadas nas produções de pães, vinhos entre outros.

Considero o mercado de trabalho muito promissor, pois o produto alimentício precisa passar por controle de qualidade e microbiológico antes da liberação para o consumidor. Para quem mora ou possui interesse em mudar para cidades com centros industriais vale a pena pesquisar quais alimentos são produzidos no local para se preparar antes da entrevista. Um diferencial das empresas é que além da entrada por entrevista e seleção, existe a possibilidade de iniciar como estagiário e progredir para contratação, ou por programas de Trainee que possibilitam a entrada do recém-formado no mercado de trabalho para desenvolver experiências de aprendizado que irão proporcionar novas perspectivas para sua carreira.

Que dicas você dá para quem quer seguir nessa área?

Louise Rodrigues: Para atuar na área o mínimo que se espera do profissional é conhecimento e afinidade com a microbiologia. Além disso, é importante a dedicação em estudar as legislações específicas; o interesse em entender sobre o funcionamento industrial; e principalmente, possuir a capacidade de trabalhar em equipe, pois em determinadas situações a intervenção em conjunto com os demais colaboradores auxilia no resultado mais eficiente para o controle de contaminações.

Considerações finais.

Louise Rodrigues: A área da microbiologia é muito ampla e encantadora e ter experiência dentro de uma indústria me trouxe aprendizados únicos que permite aplicação em outras áreas de atuação.

Para quem busca um desafio diferente e gosta da biomedicina, mas não se identifica com as habilitações da área de saúde, a microbiologia de alimentos pode ser uma ótima oportunidade de aprendizado que permite atuação na indústria ou a área da pesquisa com o desenvolvimento e melhoramento dos produtos.

Agradeço imensamente à biomédica Louise Rodrigues pelo tempo e disposição em ajudar aqueles com interesse na área mas com dúvidas sobre a microbiologia de alimentos.


6 vagas de estágio para Biomedicina no Laboratório FEMME

O laboratório FEMME busca estagiário com experiência em atendimento ao cliente e que esteja cursando Biomedicina para atuar dando apoio ao médico no procedimento dentro de sala nos exames de colpocitologia e USG, entre outros, assim como demais atribuições do cargo.

Com mais de 30 anos de experiência, o FEMME é um laboratório pioneiro em Medicina Diagnóstica dedicado exclusivamente à saúde da mulher, com destaque para a prevenção do Câncer Ginecológico e Medicina Fetal.

Quantidade

6 vagas.

Requisitos

Cursando do Primeiro ao Terceiro ano de Biomedicina; experiência com atendimento ao cliente.

Bolsa

R$ 600,00.

Horário

De segunda a sábado, das 07h às 13h.

Benefícios

  • Vale Transporte
  • Seguro de Vida
  • Convênio com Farmácia

Inscrições

Até 16 de agosto de 2017.

Link para as vagas


2 vagas para Biomédico no concurso da UFRJ

O Magnífico Reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna pública a realização de Concurso Público para provimento de vagas em cargos efetivos do quadro único de pessoal da Universidade Federal do Rio de Janeiro, das Classes “C”, “D” e “E”, no padrão inicial de vencimento na classe correspondente de cada cargo.

Quantidade

2 vagas para Biomédico (técnico administrativo em educação).

A quantidade de vagas poderá sofrer acréscimo durante o prazo de validade do concurso, de acordo com as necessidades da UFRJ.

Atribuições

Planejar, organizar, executar ou avaliar as atividades inerentes ao apoio técnico-administrativo ao ensino; planejar, organizar, executar ou avaliar as atividades técnico-administrativas inerentes à pesquisa e à extensão na UFRJ; e executar tarefas específicas, utilizando-se de recursos materiais, financeiros e outros de que a UFRJ disponha, a fim de assegurar a eficiência, a eficácia e a efetividade das atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Requisitos

  • Graduação em Biomedicina
  • Registro no conselho de classe

Remuneração inicial

Vencimento básico: R$ 4.180,66.

A remuneração será composta do vencimento básico, acrescido do incentivo à qualificação e das demais vantagens pecuniárias (auxílios) estabelecidas em lei.

Inscrição

Taxa: R$ 170,00.

Período: 15 de agosto a 3 de setembro de 2017.

Link para o edital


2 vagas para Biomédico na Residência Multiprofissional do Hospital de Câncer de Barretos (2018)

A Fundação Pio XII - Hospital de Câncer de Barretos, no uso de suas atribuições legais, torna público e estabelece as normas do Processo Seletivo para o preenchimento das vagas do PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM ATENÇÃO AO CÂNCER 2017.

Área de concentração

Atenção ao câncer.

Vagas

2 vagas para biomedicina.

Requisitos

  • Graduação em biomedicina;
  • Registro no conselho de classe;
  • Não ter vínculo empregatício.

Duração e carga horária

Os programas de Residência em Área Profissional de Saúde e Multiprofissional seguem as diretrizes do Ministério da Educação, portanto, são desenvolvidos em regime de dedicação exclusiva, com duração de 24 meses, com carga horária total de 5.760 horas, sendo 80% voltadas para a prática em serviço (4.608 horas) e 20% teórico-práticas (1.152 horas). A carga horária é cumprida em jornada de 60 horas e uma folga semanal, programadas em calendário disponibilizado mensalmente.

Bolsa

Em acordo com legislação vigente será paga aos residentes uma bolsa mensal no valor de R$ 3.330,43.

Inscrições

De 27 de julho a 28 de dezembro 2017.

Taxa: R$ 250,00

Link para o edital


O que faz um Fiscal Biomédico

Fiscal Biomédico

Recentemente vimos que foram abertas vagas para biomédicos atuarem como fiscais biomédicos. Mas você sabe o que um profissional nessa área faz?

Confira!

Atribuições do Fiscal Biomédico

O fiscal biomédico executa  ações fiscalizatórias do exercício profissional da Biomedicina, de pessoas físicas e jurídicas, em instituições de saúde públicas e privadas, indústrias e demais estabelecimentos cujas atividades sejam pertinentes a atuação  profissional. Ou seja, é o profissional que vai aos laboratórios e demais instituições onde trabalham profissionais biomédicos, e confere se esses estão exercendo a profissão regularmente.

Por exemplo, se você só tem habilitação em patologia clínica mas está trabalhando com imagenologia, o fiscal irá autuá-lo e você poderá pagar uma multa ou responder a processo ético.

Além disso, presta atendimento e orientação aos profissionais, instituições e público em geral por telefone, pessoalmente e outros; confere a documentação de registros de pessoa física e pessoas jurídicas.

Integra também comissões e grupos de trabalho; elabora relatórios e presta de contas de suas atividades; participa de reuniões sempre que solicitado; mantém consulta diária a jornais, revistas e outras fontes de informações, para verificar qualquer irregularidade com profissionais da área.

Participa de cursos, palestras em universidades ou outros órgãos, quando delegado pela Presidência; conduz veículo de propriedade do conselho de biomedicina para fins de fiscalização.

Quando houver impedimentos ou obstáculo da ação de fiscalização, deve solicitar à autoridade policial garantia de acesso às dependências de onde ocorre o exercício profissional, e executa demais atribuições inerentes ou determinadas pelo superior hierárquico.

Remuneração:

  • 2ª Região - R$ 4.300,00.
  • 3ª Região - R$ 3.256,87;

*Obs.: de acordo com concurso mais recente (2017).

Requisitos para ser um Fiscal Biomédico

  • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em nível superior em Biomedicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Não estar respondendo a processo ético no Conselho Regional de Biomedicina;
  • Estar devidamente registrado no Conselho Regional de Biomedicina;
  • Declaração de disponibilidade para viagens em todo território nacional e pernoites fora do local de residência;
  • Possuir carteira Nacional de Habilitação (CNH) - categoria “B”.

Como trabalhar como Fiscal Biomédico

É necessário ser aprovado em concurso público, sendo que o regime de contrato é pela CLT.

Local de atuação

O fiscal biomédico irá atuar nos estados da sua respectiva região. Per exemplo, um fiscal pertencente à 3ª região, que for aprovado para o estado de Goiás, irá fiscalizar os profissionais em todas as cidades do estado em que existam biomédicos.

No último concurso, foram abertas vagas na 3ª região para os estados de MG, GO, MT, TO e DF. Já na 2ª Região, os estados com vagas abertas foram PE, CE e BA.

Por isso é necessário ter CNH e disponibilidade para viajar.

Sugestão de tema enviada por Renata Saraiva (@saraivaprenata) e Marina Mageste (@marinamagest)


5 áreas de atuação na biomedicina para quem quer ter contato com pacientes

Muitas pessoas me perguntam diariamente sobre como poderiam ter contato com pacientes, mesmo sendo biomédicos.

Eu, particularmente, prefiro fazer um experimento, pipetar, liberar um laudo, do que ter que lidar diretamente com pacientes (rsrsrs). Mas, esse é o meu perfil. Por isso gostei tanto da biomedicina.

Sabemos que a maioria das nossas áreas de atuação não contemplam esse contato, pois a maioria de nós ainda trabalha muito nas bancadas de laboratório.

Mas, nem tudo está perdido. Existem algumas possibilidades para quem tem esse desejo. Confira!

5- Coleta de amostras biológicas

A coleta de amostras como sangue e outros fluidos biológicos faz parte da fase pré-analítica do laboratório de análises clínicas. Essa fase é responsável por cerca de 70% dos erros laboratoriais. Então, ter um profissional de nível superior responsável por essas coletas, sua identificação e transporte, é fundamental.

Se você gosta de ter contato com os pacientes, a coleta pode ser o momento para isso. Se você trabalhar em um hospital, e coletar de pacientes internados, pode aproveitar para conhecê-los e estabelecer um sentimento de confiança, diminuindo o estresse na hora da coleta. Você pode conversar com o paciente, explicar como será o procedimento, o que fazer após a coleta etc.

“Mas Brunno, eu não estudei quatro/cinco anos para ficar somente na coleta”. Sim, eu sei. Mas se o seu desejo é ter esse contato, essa é uma das opções. Há outras abaixo.

4- Imagenologia/Diagnóstico por imagem

O diagnóstico por imagem (imagenologia) é o estudo dos órgãos e sistemas do corpo humano através das diversas modalidades de exames de imagem, dentre as quais se destacam a radiologia, mamografia, ultrassonografia, densitometria óssea, tomografia computadorizada, ressonância magnética, medicina nuclear, etc.

O Biomédico habilitado em imagenologia pode trabalhar com todas essas modalidades.

O contato com o paciente acontece em diversos momentos. Você pode realizar a administração dos meios de contraste e realizar entrevista e análise prévia do paciente. Além disso, o profissional posiciona o paciente no equipamento, explica como o procedimento irá ser realizado e tira as dúvidas que venham a surgir.

Na medicina nuclear, você pode realizar a administração dos radiofármacos seguindo os protocolos estabelecidos para cada exame e a orientação do médico nuclear, além de realizar entrevista e análise prévia do paciente.

Para saber mais sobre as atribuições do biomédico na imagenologia clique aqui.

3- Aconselhamento genético

É realizado o aconselhamento genético com  objetivo de  fornecer informações detalhadas sobre determinada condição que é ou pode ter origem genética. O atendimento é direcionado para indivíduos afetados por doenças genéticas e malformações congênitas e suas famílias e para pessoas sem histórico familiar de doença genética, mas que possuam risco aumentado de que seus descendentes apresentem alguma dessas doenças.

Um exemplo seria explicar a um casal, ambos portadores do traço falciforme, que está tentando ter filhos, quais as probabilidades de seus filhos nascerem com anemia falciforme, quais os tratamentos existentes para a doença, como será a vida de seu filho perante a sociedade etc. Geralmente os pacientes são acompanhados por uma equipe multiprofissional.

Para trabalhar com o aconselhamento genético é necessário ser geneticista. Você, enquanto biomédico, pode especializar-se nessa área.

Para saber mais sobre aconselhamento genético clique aqui.

2- Acupuntura

O biomédico acupunturista pode pode realizar o diagnóstico energético, considerando a propedêutica e etiopatogenia da Acupuntura, visando à identificação dos distúrbios dos padrões energético-orgânicos e participar do seu tratamento com técnicas da acupuntura e algumas outras da Medicina Tradicional Chinesa (Ex.: Ventosaterapia, Auriculoterapia/Auriculoacupuntura, Moxabustão, etc).

Na acupuntura você tem contato com o paciente e observa sua melhora. Casos de pacientes com dificuldades motoras, decorrentes de problemas neurológicos, conseguindo se reabilitar, ou, ao menos, conseguindo uma melhor qualidade de vida. Pessoas que estão conseguindo voltar a trabalhar, por que não sentem mais dores, pessoas com problemas psíquicos ou psicológicos que após o tratamento de acupuntura conseguiram levar uma vida mais proveitosa.

Confira a entrevista com o Biomédico Acupunturista Flávio Barbosa clicando aqui.

1- Biomedicina Estética

Creio que esta seja a área que mais atrai aqueles que querem esse contato com o paciente.

A biomedicina estética desenvolve e aplica os tratamentos para as disfunções estéticas corporais, faciais e envelhecimento fisiológico relacionados à derme e seus anexos, tecido adiposo e metabolismo.

O biomédico esteta cuida da saúde, bem-estar e beleza do paciente, relacionando os melhores recursos da saúde ao seu preciso conhecimento para o bem do paciente, por meio de tratamentos que promovem a recuperação dos tecidos e do organismo como um todo.

Para saber mais sobre a biomedicina estética clique aqui.


75 vagas de estágio para Biomedicina na Fiocruz

A FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - FIOCRUZ realizará processo de recrutamento e seleção de estagiários e formação de cadastro reserva para fins de estágio não obrigatório.

O processo de recrutamento e seleção para vagas disponíveis e formação de cadastro de reserva para fins de estágio será regido por este Edital e executado em conjunto com o CENTRO DE INTEGRAÇÃO EMPRESA ESCOLA – CIEE.

Quantidade

São 75 vagas para biomedicina. A maioria dessas vagas englobam também outros cursos, como farmácia, biologia, biotecnologia, medicina veterinária entre outras.

Descrição da vaga e requisitos

Cada vaga tem seus próprios requisitos e também as atribuições dos estagiários. Para saber mais acesse o link no final.

Locais

As vagas estão distribuídas em diversas cidades do Brasil.

Amazonas/Manaus, Bahia/Salvador, Ceará/Fortaleza, Minas Gerais/Belo Horizonte, Paraná/Curitiba, Pernambuco/Recife, Rio de Janeiro/Rio de Janeiro, Rondônia/Porto Velho e Brasília.

Carga horária

Os estágios podem ser de 20 ou 30 horas semanais, no período da manhã e/ou a tarde.

Bolsa

4h horas diárias – R$ 364,00.

6h diárias – R$ 520,00.

Auxílio transporte – R$ 132,00.

Inscrição

As inscrições poderão ser realizadas gratuitamente a partir das 10h00min do dia 18 de julho de 2017 até às 23h59min do dia 01 de agosto de 2017, no site do CIEE.

Link para o edital e site CIEE