Necator americanus tem seu genoma sequenciado

Por Brunno Câmara - segunda-feira, janeiro 20, 2014


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits



Necator americanus

Um grupo internacional de pesquisadores identificou genes que dão ao parasita a capacidade de invadir o hospedeiro, escapar do sistema imune e se alimentar, sem perturbações, do sangue humano.

A espécie de ancilostomídeo sequenciada foi a Necator americanus. A infecção pelos parasitas desencadeia um processo patológico crônico, mas que em alguns casos pode resultar até em morte.


Relacionado
Saiba mais sobre a família dos Ancilostomídeos - www.biomedicinapadrao.com/ancilostomídeos

“Nossas descobertas fornecem informações sobre moléculas que são essenciais para a sobrevivência do verme, e com isso se tornam potenciais candidatas para o desenvolvimento de terapêuticas, no combate da infecção”, disse o co-autor do estudo Makedonka Mitreva, da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington, EUA.

Essas informações vão acelerar o desenvolvimento de novas ferramentas para o diagnóstico e vacinas contra a infecção.

A pesquisa foi publicada ontem (19 de janeiro) no periódico Nature Genetics. Leia aqui o artigo na íntegra (em inglês).

Com informações de

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior dos cursos de graduação em Biomedicina e Farmácia. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestrando no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - UFG (IPTSP-UFG). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.

  • Compartilhar:

Artigos relacionados

0 comentários

Não temos interesse em publicar nada que nos ofenda ou ofenda outros visitantes. Só são aprovados textos que valorizem o que fazemos aqui e que podem ajudar outras pessoas, agregando valor ao conteúdo. O comentário precisa ser útil!