O que faz um Fiscal Biomédico

terça-feira, julho 25, 2017 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Fiscal Biomédico

Recentemente vimos que foram abertas vagas para biomédicos atuarem como fiscais biomédicos. Mas você sabe o que um profissional nessa área faz?

Confira!

Atribuições do Fiscal Biomédico

O fiscal biomédico executa  ações fiscalizatórias do exercício profissional da Biomedicina, de pessoas físicas e jurídicas, em instituições de saúde públicas e privadas, indústrias e demais estabelecimentos cujas atividades sejam pertinentes a atuação  profissional. Ou seja, é o profissional que vai aos laboratórios e demais instituições onde trabalham profissionais biomédicos, e confere se esses estão exercendo a profissão regularmente.

Por exemplo, se você só tem habilitação em patologia clínica mas está trabalhando com imagenologia, o fiscal irá autuá-lo e você poderá pagar uma multa ou responder a processo ético.

Além disso, presta atendimento e orientação aos profissionais, instituições e público em geral por telefone, pessoalmente e outros; confere a documentação de registros de pessoa física e pessoas jurídicas.

Integra também comissões e grupos de trabalho; elabora relatórios e presta de contas de suas atividades; participa de reuniões sempre que solicitado; mantém consulta diária a jornais, revistas e outras fontes de informações, para verificar qualquer irregularidade com profissionais da área.

Participa de cursos, palestras em universidades ou outros órgãos, quando delegado pela Presidência; conduz veículo de propriedade do conselho de biomedicina para fins de fiscalização.

Quando houver impedimentos ou obstáculo da ação de fiscalização, deve solicitar à autoridade policial garantia de acesso às dependências de onde ocorre o exercício profissional, e executa demais atribuições inerentes ou determinadas pelo superior hierárquico.

Remuneração:

  • 2ª Região - R$ 4.300,00.
  • 3ª Região - R$ 3.256,87;

*Obs.: de acordo com concurso mais recente (2017).

Requisitos para ser um Fiscal Biomédico

  • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em nível superior em Biomedicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Não estar respondendo a processo ético no Conselho Regional de Biomedicina;
  • Estar devidamente registrado no Conselho Regional de Biomedicina;
  • Declaração de disponibilidade para viagens em todo território nacional e pernoites fora do local de residência;
  • Possuir carteira Nacional de Habilitação (CNH) - categoria “B”.

Como trabalhar como Fiscal Biomédico

É necessário ser aprovado em concurso público, sendo que o regime de contrato é pela CLT.

Local de atuação

O fiscal biomédico irá atuar nos estados da sua respectiva região. Per exemplo, um fiscal pertencente à 3ª região, que for aprovado para o estado de Goiás, irá fiscalizar os profissionais em todas as cidades do estado em que existam biomédicos.

No último concurso, foram abertas vagas na 3ª região para os estados de MG, GO, MT, TO e DF. Já na 2ª Região, os estados com vagas abertas foram PE, CE e BA.

Por isso é necessário ter CNH e disponibilidade para viajar.

Sugestão de tema enviada por Renata Saraiva (@saraivaprenata) e Marina Mageste (@marinamagest)

Brunno Câmara Biomédico

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596. Mestrando no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - UFG (IPTSP-UFG). Coordenador do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.