Entendendo a relação entre genética, biologia molecular e bioquímica

Por Brunno Câmara - segunda-feira, janeiro 29, 2018


Curta nossa página ↓

Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Já se perguntou qual a diferença entre genética e biologia molecular? E entre bioquímica e biologia molecular?

Bem, não há uma linha que separa essas três áreas. Confira a seguir uma explicação sobre cada uma delas.

Bioquímica

Na bioquímica são estudadas as substâncias químicas e os processos vitais que ocorrem nos organismos vivos. Controlando o fluxo de informação por meio de sinalização bioquímica e o fluxo de energia através do metabolismo, os processos bioquímicos dão origem à complexidade da vida.

O foco na bioquímica são o papel, a função e a estrutura das biomoléculas (carboidratos, lipídeos, proteínas e ácidos nucleicos). São exemplos o estudo da química por trás dos processos biológicos e a síntese de moléculas biologicamente ativas.

Tenta-se entender como essas moléculas biológicas dão origem aos processos que ocorrem dentro das células, que está relacionado com o estudo sobre os tecidos, órgãos e organismos inteiros.

Vias metabólicas

A bioquímica está intimamente relacionada à biologia molecular, o estudo dos mecanismos moleculares pelos quais a informação genética codificada no DNA é capaz de resultar nos processos biológicos.

Dependendo da definição, o termo biologia molecular pode representar um braço da bioquímica, ou a bioquímica ser uma ferramenta para investigar e estudar a biologia molecular.

Biologia Molecular

O principal foco da biologia molecular é o estudo dos mecanismos envolvidos nos processos de replicação, transcrição, tradução e, consequentemente, função celular.

Seu dogma central, em que material genético é transcrito em RNA e então traduzido em proteínas, fornece um bom ponto de partida para entender a área.

Biologia molecular - Dogma central

A biologia molecular é principalmente quantitativa, e atualmente tem-se trabalhado de forma conjunta com a ciência da computação por meio de bioinformática e biologia computacional.

Existem diversas técnicas muito utilizadas nessa área, como a clonagem molecular, a reação em cadeia da polimerase (PCR), eletroforese em gel, blot e microarranjos.

Genética

A genética é o estudo dos genes, da variação genética e da hereditariedade em organismos vivos. Além de serem estudados os mecanismos de hereditariedade, hoje em dia a genética moderna estuda a função e o comportamento dos genes.

A estrutura do gene, sua função, variação e distribuição são estudados no contexto da célula, do organismo (ex.: dominante) e no contexto da população. A genética deu origem a várias sub-áreas como a epigenética e a genética de populações.

São estudadas também mutações cromossômicas, como deleção, inserção, translocação e duplicação, que podem ser visualizadas por meio de técnicas citogenéticas, como bandamento cromossômico e FISH.

Um geneticista, por exemplo, que trabalha e estuda doenças genéticas humanas faz uso de heredogramas (imagem) para representar a hereditariedade das características.

Heredograma

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior dos cursos de graduação em Biomedicina e Farmácia. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestrando no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - UFG (IPTSP-UFG). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.

  • Compartilhar:

Artigos relacionados

4 comentários

  1. Olá! Gostaria de fazer uma especialização em microbiologia. Vocês indicam alguma instituição?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Camylla, não sei te indicar. Analise o corpo docente, se tem prática e converse com alguém que já fez no local onde você está olhando.

      Excluir

Não temos interesse em publicar nada que nos ofenda ou ofenda outros visitantes. Só são aprovados textos que valorizem o que fazemos aqui e que podem ajudar outras pessoas, agregando valor ao conteúdo. O comentário precisa ser útil!