Estudo mostra que uma única dose da vacina contra o HPV pode ser o suficiente

Por Brunno Câmara - quarta-feira, junho 10, 2015


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits


Imagem: www.topgesto.com.br

A dose recomendada para a vacina Cervarix, contra o Papilomavírus Humano (HPV), pode ser um exagero em algumas situações, de acordo com uma nova análise.

A vacina, que previne certos tipos de câncer cervical, encontra baixa adoção, particularmente em países em desenvolvimento, onde a prescrição de uma série de três doses é muito dispendiosa e encontra problemas na logística.

Uma reanálise dos testes de eficácia de dois estudos clínicos, patrocinada pelo National Cancer Institute e a fabricante da vacina, GlaxoSmithKline (GSK), sugere que mesmo uma única dose fornece a mesma proteção contra o vírus depois de quatro anos, do mesmo modo que as duas ou as três doses.

Mulheres que participaram do estudo, mas perderam seguimento das duas outras doses de Cervarix, apresentaram proteção de 85,7% contra o HPV tipo 16 e 18. Esses dois tipos de HPV são responsáveis por 70% dos cânceres cervicais.

Apesar disso, as três doses foram mais eficazes do que uma ou duas doses, na prevenção de outros tipos de HPV carcinogênicos menos comuns, como o 31, 33 e 45. Tomar duas doses com um intervalo de seis meses entre uma e outra, mostrou ter o mesmo de tomar as três doses.

Esses achados abrem uma grande oportunidade para aumentar o alcance da proteção vacinal para muito mais pessoas, além do que pensava-se que fosse possível.

Com informações da Science | DOI: 10.1126/science.aac6812

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior dos cursos de graduação em Biomedicina e Farmácia. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestrando no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - UFG (IPTSP-UFG). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.

  • Compartilhar:

Artigos relacionados

0 comentários

Não temos interesse em publicar nada que nos ofenda ou ofenda outros visitantes. Só são aprovados textos que valorizem o que fazemos aqui e que podem ajudar outras pessoas, agregando valor ao conteúdo. O comentário precisa ser útil!