Dosagem de Adenosina Deaminase (ADA) no diagnóstico de tuberculose

Por Brunno Câmara - sexta-feira, janeiro 10, 2020



📚🔬 Apostilas e Livro Digitais

Utilize nossas apostilas digitais como material complementar aos seus estudos - hematologia, uroanálise, parasitologia e líquor.



A adenosina deaminase (ADA) é uma enzima produzida por linfócitos cuja principal função é atuar no metabolismo das purinas.

Sendo assim, um aumento nos níveis/atividade de ADA é um indicativo de ativação dos linfócitos.
A ADA tem sido extensamente estudada e utilizada como marcador bioquímico no líquido pleural para a investigação e diagnóstico de tuberculose pleural.

No líquido pleural sua dosagem possui sensibilidade de 99% para o diagnóstico de tuberculose.

O valor de referência de ADA pleural, utilizando método enzimático, é de 0,0 a 30,0 U/L¹.

Porém, ela também pode ser dosada em outros líquidos corporais.

Níveis elevados de ADA podem indicar, de forma indireta, tuberculose meníngea, pericárdica ou peritoneal.

  • No líquor (LCR): sensibilidade de 90% e especificidade de 94%. 
  • No líquido pericárdico: 99% sensibilidade e 83% de especificidade.
  • No líquido ascítico: sensibilidade de 95% e especificidade de 96%.

A dosagem de ADA no soro não tem valor diagnóstico.

Resultados falso-negativos podem ocorrer em pacientes com síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS).

Níveis elevados também podem ser encontrados em infecções bacterianas, criptocóccicas e neoplasias.

É importante ressaltar que a dosagem de ADA não substitui a biópsia no diagnóstico de tuberculose.

Referências

¹ Laboratório Hermes Pardini.

Aggarwal, A. N., Agarwal, R., Sehgal, I. S., & Dhooria, S. (2019). Adenosine deaminase for diagnosis of tuberculous pleural effusion: A systematic review and meta-analysis. PloS one, 14(3).

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestre em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro (área de concentração: virologia). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.
| @biomedicinapadrao | LinkedIn | Lattes |