Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Guia do calouro de Biomedicina 2016

domingo, janeiro 03, 2016 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

 

Se você está lendo esse post é por que passou no vestibular/SISU e está dando o primeiro passo na sua carreira como Biomédico. Sei que foi difícil chegar até aqui, então agora sinta-se um vitorioso.

Caso ainda esteja em dúvida na escolha da faculdade, clique aqui e veja como escolher uma instituição para cursar Biomedicina.

Vamos começar falando das matérias, já que muitos me perguntam se no curso tem muitas contas, química, física, entre outras.

A grade curricular varia entre as instituições, mas a maioria tem matemática, química e biofísica. Essas matérias assustam muitos estudantes, mas são essenciais na sua formação acadêmica. Não tem como fugir.
 
No meu ponto de vista, química é uma das mais importantes, visto que ela é a base para outras matérias. Também temos anatomia, mas não fazemos dissecação.
 
Clicando aqui você conhece as principais disciplinas estudadas em Biomedicina.

 
Se você tem interesse em pesquisa científica, verifique se na sua instituição existem programas de Iniciação Científica (IC) e participe de algum projeto de pesquisa oferecido, pois essas atividades contam pontos no seu Currículo Lattes.
 
Plataforma Lattes é o banco de dados mais completo dos acadêmicos, pesquisadores e acadêmicos da área de Ciência e Tecnologia do Brasil. Participar e organizar eventos, realizar monitoria, produzir artigos científicos, entre outros, também são levados em consideração. Então, não deixe de fazer o seu currículo e mantê-lo atualizado.
 
A IC é um instrumento que permite introduzir os estudantes de graduação, potencialmente mais promissores, na pesquisa científica. É a possibilidade de colocar o aluno desde cedo em contato direto com a atividade científica e engajá-lo na pesquisa.
 
Clique aqui para saber mais sobre a Biomedicina no campo da pesquisa científica.
 
 
É comum os estudantes começarem a fazer biomedicina e achar que vão poder trabalhar apenas em laboratórios e realizar análises clínicas. De fato, as análises clínicas é a área que concentra, atualmente, a maioria dos profissionais biomédicos do Brasil. Porém, a biomedicina avançou muito nas últimas décadas, e hoje você pode escolher uma habilitação (ou mais) dentre mais de 35 disponíveis, todas regulamentadas pelo Conselho Federal de Biomedicina (CFBM).
 
Existem áreas com boa remuneração e que não têm tanta concorrência, como acontece com as análises clínicas. São exemplos: reprodução humana, biomedicina estética, epidemiologia, imagenologia, circulação extracorpórea (perfusão), entre outras.
 
Dica. Veja qual, ou quais, matéria você tem mais afinidade durante o curso. Provavelmente essa será a sua escolha de habilitação.

Saiba quais são as formas de conseguir sua habilitação na biomedicina: biomedicinapadrao.com.br/habilitações.
 

Fonte: CRBM-1
 
Além dessas habilitações “oficiais”, existem algumas áreas em que o biomédico pode trabalhar, mas que não estão na lista, como por exemplo, perícia criminal, assessoria científica, assuntos regulatórios, controle de qualidade, área comercial (vendas), entre outras.
 
Com o passar dos semestres as aulas práticas vão aumentando. No começo não são muitas. Mas já providencie seu jaleco, seus óculos, máscaras e caixas de luva, que são Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).
 
Você ainda vai ouvir muito isso, mas já aviso: use sapato e roupas fechados quando estiver nos laboratórios. Você vai aprender mais nas aulas de Biossegurança. Mulheres devem prender os cabelos e nada de maquiagem, nem adornos, como brincos e anéis.
 
Confira aqui o preço, em média, desses acessórios:
 
 
Busque novas fontes de informação, não fique limitado apenas nas suas aulas. Compre livros, busque sites interessantes, busque vídeos demonstrando o que você aprendeu na teoria, pois fica mais fácil de aprender.
 
Faça cadastro nos sites de estágio, como o CIEE e IEL. Atualize seu perfil com frequência e fique de olho nas vagas que surgirem. Quanto mais estágios você fizer, melhor. Se não conseguir através desses sites, tente ser voluntário na área desejada.
 
Quanto mais cedo você começar a se empenhar, mais chances de sucesso no mercado de trabalho, e até mesmo na faculdade.
 

Por esse e-book você vai poder conhecer um pouco da história da biomedicina, como por exemplo o motivo da criação do curso. Vai saber também quais características da instituição de ensino deve-se analisar na hora de escolher o curso de biomedicina.

Fique sabendo quais as principais disciplinas estudadas na biomedicina. Tenha uma visão geral de como é o curso, como funcionam as aulas, estágios, TCC etc. Tem dúvidas de quais são as habilitações do biomédico e como fazer para conseguir a sua? Nesse e-book você encontra.

Além disso tudo, tem salários e dicas para você não ficar para trás e fazer a diferença na biomedicina.

<clique aqui para baixar>

Ouça o Biomedcast

O Biomedcast é um podcast que trata de assuntos relacionados à Biomedicina, Ciência e Saúde. Buscamos sempre produzir um conteúdo de boa qualidade, a fim de orientar nossos ouvintes sobre os temas abordados e disseminar o conhecimento científico e a biomedicina através da internet.

Acesse www.biomedcast.com

 

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).