Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Como reduzir o medo do paciente na realização de exames?

sábado, maio 25, 2013 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Vocês já devem ter percebido que a maioria das pessoas tem medo de fazer exames, sejam eles clínicos, de diagnóstico ou procedimentos médicos. Esse medo pode desencadear uma série de alterações como ansiedade, aumento da frequência cardíaca, sudorese, tensão muscular, entre outras.

Segundo dados da empresa paulista Alta Excelência Diagnóstica, cerca de 30% das pessoas apresentam ansiedade ou pânico durante exames de Ressonância Magnética (RM) e 5% sentem claustrofobia.

Então o que fazer para reverter esse quadro e deixar o paciente calmo e tranquilo na hora da realização de uma coleta sanguínea ou um exame de RM, por exemplo?

Cinema Vision
Cinema Vision

Pensando nisso, a Alta Excelência Diagnóstica tem um sistema de entretenimento na sala de RM, chamado de Cinema Vision. É um sistema que permite que o paciente assista à uma programação, através de óculos especiais, durante a execução do exame.

O medo não influencia no resultado, mas dificulta o processo, ainda mais em exames de imagem, onde o paciente deve ficar imóvel para uma melhor qualidade.

A empresa também conta com um aparelho que facilita a visualização e localização de veias (sonho de qualquer coletador). O equipamento, chamado de AccuVein, auxilia na coleta de sangue de idosos, crianças e pessoas com dificuldade de acesso venoso. As chances de errar a punção diminuem para praticamente zero, deixando o paciente mais confiante na hora da coleta.

VaccuVein
AccuVein

Outro exemplo de como tornar a experiência mais agradável, é o Femme, laboratório de medicina diagnóstica dedicado exclusivamente à saúde da mulher.

O biomédico responsável pelo setor de RM, Renato Penerari, acredita que o atendimento humanizado é fundamental para reduzir o desconforto dos pacientes.

Com uma abordagem carinhosa, empática e calma o desconforto dos pacientes é reduzido. Segundo ele, o percentual de pacientes que voltam ao laboratório é de quase 100%, devido ao “Jeito Femme de Atender”.

Com informações de Revista FH, Ed. 211 – Maio de 2013

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).