Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Precisando de células-tronco? Adicione ácido

segunda-feira, fevereiro 03, 2014 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Um time de pesquisadores descobriu que células de ratos podem ser reprogramadas sem modificação genética direta, e podem ser influenciadas simplesmente sendo expostas a um meio estressante por alguns dias.

O time isolou leucócitos e os expôs a um meio ácido (pH ~5,6). Isso fez com que as células fossem estimuladas a se reprogramarem a um estado pluripotente, similar a células-tronco embrionárias, mas sem a necessidade de criar um embrião.

Os pesquisadores deram a essas células o nome de STAP (stimulus-triggered activation of pluripotency), em tradução livre, ativação de pluripotência iniciada por estímulo.


Imagem: NewScientist

Eles mostraram que tais células são capazes de se auto renovar, que elas se diferenciam em múltiplas linhagens, e contribuem para o crescimento normal do embrião do animal.

Com o meio certo, essas células-tronco podem se especializar em novas células saudáveis para reparar danos em tecidos e órgãos do corpo.

Mas a história não acaba aqui. As células STAP não se multiplicam por si só, porém se forem estimuladas por alguns fatores de crescimento, podem sofrer pequenas mudanças que permitem com que elas se multipliquem exponencialmente sem anormalidades cromossômicas.

Até agora os experimentos sugerem que as células são fortemente influenciadas pelo local onde são implantadas. Por enquanto os pesquisadores precisam imitar artificialmente esses locais, mas talvez nem isso seja preciso. Pode ser que apenas seja necessário colocá-las em um músculo para se tornarem células musculares.

Se futuros experimentos derem certo e a técnica for aplicável às células humanas, obter células-tronco pluripotentes autólogas pode um dia ser tão fácil quanto tirar sangue.


http://youtu.be/Z9DGnmNiIeQ

Com informações de medGadget, NewScientist

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).