Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Meu depoimento após 2 anos como Biomédico

segunda-feira, junho 09, 2014 0 Comentários


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Desde que comecei o blog, ainda um estudante de biomedicina, sempre compartilhei com vocês minhas dificuldades, alegrias, conquistas e falhas.

Às vezes é difícil ficarmos sabendo o que aconteceu com nossos colegas de curso depois que nos formarmos. Cada um vai para um lado diferente e, não sei vocês, mas fico me perguntando como eles estão. Será que conseguiram um bom emprego? Será que estão exercendo a profissão?

Pensando nisso, resolvi compartilhar com vocês o que fiz durante esses dois anos que se passaram, desde minha graduação até hoje.

A primeira coisa que fiz após minha colação de grau foi ir ao conselho regional de biomedicina e dar entrada na minha inscrição, pois na primeira oportunidade que aparecesse já estaria com a documentação pronta.

Ganhei uma bolsa integral e comecei uma especialização em Genética Médica e Biologia Molecular (lato sensu), que acontecia uma vez por mês aos finais de semana. Ou seja, tinha a semana inteira “livre”.

Trabalhava também com o prof. Jeffchandler, biomédico perfusionista, em sua empresa de cursos de extensão na área da saúde.

Não menosprezando as análises clínicas, mas não era meu objetivo trabalhar em um laboratório clínico, por isso mesmo escolhi outra área para me especializar. No decorrer do primeiro ano, surgiram alguns convites para trabalhar em laboratórios clínicos, mas decidi seguir com meu objetivo de ir pra outra área.

Poderia ter trabalhado no mesmo laboratório onde fiz estágio, pois uma das biomédicas mudou de cidade e me indicou. Como seria cômodo. Já conhecia as pessoas e a rotina. Seria uma zona de conforto e tanto!

Às vezes olho para trás e vejo que fui meio maluco. Qual recém-formado dispensa um oferta de emprego? Só o doido aqui mesmo (rsrs).

Passado um tempo, fui desanimando. As coisas pareciam não estar dando certo, o arrependimento bateu, e por alguns momentos passou pela minha cabeça mudar de profissão. Mas como já disse aqui no blog, sempre acontecia alguma coisa boa e essa vontade ia embora. Uma dessas coisas boas é o retorno positivo e carinho que recebo de vocês, leitores do blog. Sem o blog, e o apoio de alguns amigos, talvez não teria persistido.

No final do ano passado me chamou atenção uma tal de residência multiprofissional. Fui pesquisar mais sobre o assunto e acabei descobrindo que na minha cidade tinha o programa, incluindo a biomedicina.

Com uma carga horária maior que todo meu curso de graduação, a oportunidade de ganhar experiência e ainda estudar numa instituição federal, com profissionais de diversas áreas, me pareceu uma boa ideia.

Mas como nada vem fácil, para chegar lá teria que passar pelo processo seletivo. Após um mês estudando intensamente, sem sair de casa, e com ajuda de Deus, conseguir passar.

Hoje estou fazendo residência em Hematologia e Hemoterapia e a experiência é única. Como na vida, nada é perfeito, mas está valendo a pena.

O que aprendi

Não foi fácil. Mas tudo que vem fácil na vida não damos o devido valor. O que eu tirei disso tudo, e que posso passar para vocês é que, se você tem um objetivo não desista dele.

As dificuldades virão, por isso foco e perseverança são essenciais. Não tenha medo de arriscar, afinal somos jovens e temos muito tempo pela frente. Falhar faz parte do processo, e mais importante, aprender com os erros é uma das matérias da escola da vida. Quem acredita sempre alcança.

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico, CRBM-GO 5596. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast (biomedcast.com).