Medicina diagnóstica é responsável por 70% das decisões clínicas

Por Brunno Câmara - domingo, outubro 26, 2014


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits


A medicina diagnóstica engloba os laboratórios de patologia clínica/medicina laboratorial, laboratórios de anatomia patológica, clínicas de imagem (radiografia, TC, RM etc.), centros e indústria de diagnóstico. Médicos patologistas, bioquímicos, biomédicos e técnicos são os principais profissionais dessa área.

Apesar de o mercado estar relativamente saturado de profissionais, a patologia clínica (análises clínicas) tem impacto direto nas decisões clínicas, não só no diagnóstico, mas também na prevenção, prognóstico e acompanhamento terapêutico dos pacientes.

Com o envelhecimento da população brasileira e aumento das doenças crônicas, a tendência da medicina laboratorial é de participação ainda maior no setor de saúde, com exames direcionados à prevenção de doenças, apoiada na medicina baseada em evidências.

Devemos dar atenção especial aos exames moleculares, que num futuro próximo, poderão dominar a patologia clínica devido à medicina personalizada, onde cada paciente é tratado de acordo com suas características genéticas, com preços mais acessíveis.

O desenvolvimento de novas metodologias e a automatização ajudaram a aumentar o uso dos exames complementares na decisão médica, como é o caso da turbidimetria, nefelometria e quimioluminescência, em que os resultados são mais confiáveis, sensíveis e específicos do que metodologias mais antigas.

Diante disso podemos concluir que, sim, a patologia clínica é muito importante aos profissionais médicos, e não deve ser subestimada.

CAMPANA, Gustavo Aguiar; OPLUSTIL, Carmen Paz  e  FARO, Lorena Brito de. Tendências em medicina laboratorial. J. Bras. Patol. Med. Lab. 2011, vol.47, n.4, pp. 399-408.

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior dos cursos de graduação em Biomedicina e Farmácia. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestrando no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - UFG (IPTSP-UFG). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.

  • Compartilhar:

Artigos relacionados

0 comentários

Não temos interesse em publicar nada que nos ofenda ou ofenda outros visitantes. Só são aprovados textos que valorizem o que fazemos aqui e que podem ajudar outras pessoas, agregando valor ao conteúdo. O comentário precisa ser útil!