Assuntos mais cobrados na prova de Biomedicina do Enade

Por Brunno Câmara - quarta-feira, novembro 20, 2019



📚🔬 Apostilas e Livro Digitais

Utilize nossas apostilas digitais como material complementar aos seus estudos - hematologia, uroanálise, parasitologia e líquor.

Vai estudar para um processo seletivo de concurso público ou residência multiprofissional? - Conheça nosso livro de questões comentadas



No próximo domingo, 24 de novembro, vários estudantes de biomedicina irão fazer a tão temida prova do Enade.

Fiz esse post para ajudar quem vai fazer a prova, após a sugestão da Bianca Alves.

Como a prova é organizada

A prova é composta de 40 questões, sendo 10 questões da parte de formação geral e 30 da parte de formação específica da área.

Ambas contêm questões discursivas e de múltipla escolha que são especificadas da seguinte forma:


  • Formação Geral: 10 questões, sendo 02 discursivas e 8 de múltipla escolha, envolvendo situações-problema e estudos de casos;
  • Específico da área de avaliação: 30 questões, sendo 3 discursivas e 27 de múltipla escolha, envolvendo situações-problema e estudos de casos.

A prova de Formação Geral tem a concepção dos seus itens balizada pelos princípios dos Direitos Humanos, e as questões discursivas avaliam aspectos como clareza, coerência, coesão, estratégias argumentativas, utilização de vocabulário adequado e correção gramatical do texto.

O que cai na prova específica para Biomedicina

A prova do Enade 2019 na área específica da Biomedicina tem como base as Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Biomedicina, Resolução CNE/CES n° 2, de 18 de fevereiro de 2003, as normativas associadas e à legislação profissional.

Ciências exatas aplicadas à Biomedicina

  • Abordagens, processos e métodos físicos, químicos, matemáticos, estatísticos e de bioinformática como suporte à Biomedicina.

Ciências biológicas e da Saúde

  • Bases estruturais, moleculares e celulares dos processos fisiológicos e patológicos, bem como processos bioquímicos, farmacológicos, parasitológicos, microbiológicos, imunológicos e genéticos no processo saúde-doença.

Ciências humanas e sociais aplicadas à Biomedicina

  • As diversas dimensões da relação indivíduo/sociedade, envolvendo ética e bioética, filosofia, sociologia, antropologia, políticas públicas, gestão e deontologia.

Ciências da Biomedicina

  • Processos relacionados a saúde, doença e meio ambiente, com ênfase nos processos laboratoriais (análises clínicas, toxicológicas, citopatológicas, histoquímicas, moleculares e genéticas, hemoterápicas, bromatológicas e ambientais).

Análise das provas anteriores

Analisei as três últimas provas de Biomedicina do Enade (2010, 2013 e 2016), totalizando 90 questões entre discursivas e de múltipla escolha.

O que percebi é que cai de tudo o que estuamos durante os quatro anos de graduação.

Então, o ideal é fazer uma revisão geral mesmo. Pegue todos seus cadernos, anotações, slides, livros e revise tudo o que conseguir.

Creio que muito conhecimento você já terá, o resto vai ser mais lembrar de uma coisa ou outra.

Muitas questões unem dois ou mais conhecimentos, como genética e interpretação de gráficos, diluição e matemática, parasitologia e imunologia e por aí vai.

Quantidade de questões em relação aos assuntos cobrados nas provas do Enade aplicadas em 2010, 2013 e 2016 (n = 90)
Clique na imagem para ampliar

A matéria mais frequente e queridinha do Enade é Microbiologia, que aqui nesta análise engloba Virologia, Bacteriologia e Micologia.

Obrigatório: saiba ler e interpretar gráficos, pois muitas questões são baseadas nessa habilidade.

Nas três últimas provas sempre teve uma questão discursiva de hematologia e outra de epidemiologia com interpretação de gráficos.

Exemplo de questão com gráfico para interpretar

Outra questão recorrente é sobre organismos geneticamente modificados (OGMs) e alimentos transgênicos.

Então é isso! Espero que possa ter ajudado e desejo a todos uma excelente prova no domingo.

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestre em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro (área de concentração: virologia). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.
| @biomedicinapadrao | LinkedIn | Lattes |