Biomédica está entre os 5 influenciadores sobre COVID-19 em 2020

Por Brunno Câmara - segunda-feira, dezembro 28, 2020


📚🔬 Cursos online e Apostilas Digitais

Complemente seus estudos fazendo nossos cursos online (videoaulas, apostilas e certificado):



O estudo que chegou a esse resultado foi elaborado pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD) e pela Science Pulse, uma ferramenta de de monitoramento de redes sociais que acompanha divulgadores científicos nas redes sociais.

O objetivo do relatório foi identificar os cientistas, especialistas e organizações científicas mais influentes na conversa sobre a COVID-19 no Twitter em 2020.

Principais influenciadores no Brasil

A lista a seguir mostra que as vozes mais influentes sobre Covid-19 no Twitter são profissionais que usam a rede com o objetivo claro de divulgação científica. 

Quase todos os principais influenciadores utilizam também outros espaços para compartilhar conteúdo sobre ciência (site, blog, YouTube etc.).

As três medidas principais para mensurar e avaliar a influência foram: popularidade, autoridade e articulação.

  1. Atila Iamarino (@oatila)
  2. Luiza Caires (@luizacaires3)
  3. Otavio Ranzani (@otavio_ranzani)
  4. Mellanie Fontes-Dutra (@mellziland) - Biomédica
  5. Marcio S Bittencourt (@MBittencourtMD) 

Os principais influenciadores foram selecionados levando em consideração os fatores de autoridade e articulação na rede, sendo popularidade o último critério de desempate.


Quem é Mellanie Fontes-Dutra

Atualmente, Mellanie realiza Pós-Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Bioquímica, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É Mestre e Doutora em Neurociências (UFRGS). 

Possui graduação em Biomedicina concluída em 2013/2 (UFRGS), com as habilitações em Bioquímica e Análises Clínicas. 

Desde 2010 até atualmente, trabalha no Laboratório de Plasticidade NeuroGlial (PNG), situado no Grupo de Estudo Translacional do Transtorno do Espectro do Autismo (GETTEA), tendo como foco a pesquisa sobre os transtornos do espectro do autismo (TEA), da qual tem 9 anos de experiência. 

Tem experiência nas técnicas de análise tecidual (imunofluorescência), proteica (eletroforese, ELISA, Western Blot), biologia molecular (extração de diversos materiais genéticos, RT-qPCR), bioinformática (data minning, dinâmica e docking molecular, análise de receptores in silico por fracionamento molecular), testes bioquímicos e ampla análise comportamental em roedores. 

É organizadora do Pint of Science de Porto Alegre, que tem o objetivo de divulgar e popularizar a ciência. 

É idealizadora e coordenadora da Rede Análise COVID-19 (@analise_covid19 no twitter) e membro do grupo InfoVid (@grupo_infovid no twitter).

Rede Análise COVID-19

Segundo seu site, o grupo Análise COVID-19 nasceu de uma iniciativa na rede social Twitter para a criação de um espaço construtivo e de discussão a partir da reunião de pesquisadores, profissionais e pessoas engajadas no tema. 

É composto por uma equipe multidisciplinar e multiprofissional, composta por mais de 170 membros no Facebook e mais de 50 participantes nos grupos dessa iniciativa no WhatsApp. 

As principais atividades são:

  • Coleta de dados e montagem de tabelas;
  • Modelagem e previsão dos dados;
  • Montagem de textos para divulgação.

Referências

MEIRELLES, Pedro. Principais vozes da ciência no Twitter: Mapeando a conversa de cientistas e especialistas sobre a COVID-19. Relatório. Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD): Brasília, 2020.

Currículo Lattes de Mellanie Fontes Dutra da Silva - http://lattes.cnpq.br/6219326679133695

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestre em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro (área de concentração: virologia). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.
| Contato: @biomedicinapadrao |