Conheça o Museu de Anatomia Humana localizado em São Paulo

Por Brunno Câmara - sexta-feira, junho 16, 2017


Curta nossa página ↓

Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits

Museu de Anatomia Humana

O acervo do Museu de Anatomia Humana “Prof. Alfonso Bovero ( MAH )” foi gradativamente formado a partir da metade de um esqueleto desarticulado, acrescido de uma pequena coleção de peças humanas para demonstração, quando do início das  atividades do Professor Bovero em 1914, como docente da então Faculdade de Medicina e Cirurgia de São Paulo.

Durante todo o período em que trabalhou no Departamento de Anatomia (1914 à 1937), juntamente com a sua primeira geração de discípulos (dentre eles, Renato Locchi, Odorico Machado de Sousa, Procopio Bielik), o Prof. Alfonso Bovero montou um rico acervo de peças anatômicas para fins didáticos, preparadas não somente por método de dissecção, mas também por técnicas especializadas, como a diafanização, a injeção e a corrosão. 

Ampliado ao longo do tempo pelos trabalhos dos discípulos da segunda geração como Cláudio Antonio Ferraz de Carvalho, Luiz Gustavo Wertheimer, Guarany Sampaio e João Baptista Parolari, e de vários colaboradores (destacando-se o eminente cirurgião Waldomiro de Paula), o acervo passou a ser alvo de visitação pública regular em meados da década de 1960, nos próprios da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, onde permaneceu até o ano de 1996.

Transferido no início de 1997 para Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, o MAH foi inicialmente alocado no Bloco 3 e, em 1999, para o Edifício Biomédicas III da Cidade Universitária, onde permanece até hoje.

Além de peças anatômicas dos diversos sistemas do corpo humano preparadas com esmero, o MAH conta também com uma coleção de crânios identificados, utilizados em pesquisas relacionadas a diferentes áreas como a antropologia, e a odontologia e medicina legais.

Visitação

Visitas Agendadas

O agendamento é necessário apenas para escolas.

  • Visitação: de terça a sexta, somente no período da manhã;
  • Idade mínima: 12 anos;
  • É importante que o grupo chegue ao Museu 30 minutos antes do início da visita agendada;

As escolas que tiverem interesse em visitar o museu: o professor deverá participar de uma das reuniões com a Coordenadoria do MAH  agendadas para os dias 14 de junho  às 15h,  03, 05, 08, 10, 12 ou 15 de julho às 10h para apresentação das novas normas de utilização. Para confirmar a participação ou para outras informações: mah@icb.usp.br.

Visitas Avulsas

  • De terça a sexta  (no período da tarde);
  • Idade mínima: 12 anos (crianças menores, só acompanhadas pelos pais);

Horário de Funcionamento do Museu

De terça a sexta das 9h às 16h.

Localização e contato

Biomédicas III, Av. Prof. Lineu Prestes , nº 2415 – Butantã – São Paulo/SP (ao lado do Hospital Universitário)

Tel.: (11) 3091-7360 (mah@icb.usp.br)

http://museu.icb.usp.br/

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior dos cursos de graduação em Biomedicina e Farmácia. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestrando no Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - UFG (IPTSP-UFG). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.

  • Compartilhar:

Artigos relacionados

0 comentários

Não temos interesse em publicar nada que nos ofenda ou ofenda outros visitantes. Só são aprovados textos que valorizem o que fazemos aqui e que podem ajudar outras pessoas, agregando valor ao conteúdo. O comentário precisa ser útil!