Diferença entre Habilitação, Especialização, Pós-graduação e Residência na Biomedicina

Por Brunno Câmara - quinta-feira, agosto 16, 2018


Precisando de conteúdo para complementar seus estudos?
Conheça os Kits de Estudo Biomedicina Padrão: biomedicinapadrao.com.br/kits


Umas das dúvidas mais frequentes que recebo nas redes sociais é se especialização é a mesma coisa que habilitação ou se a residência é uma especialização, entre outras.

Resolvi então escrever este post para tentar deixar mais claros esses termos que, apesar de serem semelhantes, não significam necessariamente a mesma coisa.

Habilitação

A habilitação é como se fosse uma “autorização” do órgão que regulamenta nossa profissão (conselho de biomedicina) para o biomédico poder atuar em determinada área.

Todo recém-formado em biomedicina vai lá no conselho e leva o histórico escolar e o conselho olha em qual área você fez seu estágio curricular (obrigatório) e coloca essa área como sua habilitação no seu registro profissional.

Não estar habilitado na área que você atua pode ser uma infração. Por exemplo, se você tem a habilitação em análises clínicas mas está atuando na imagenologia você pode ser multado ou até mesmo ter seu registro suspenso de três a 12 meses, de acordo com o Código de Ética do Biomédico.

“Mas Brunno, eu quero trabalhar com imagenologia mas tenho habilitação em outra área. O que faço?” Você pode fazer uma pós-graduação, e após o seu término pode ir no conselho e pedir a inclusão dessa habilitação no seu registro profissional.

Para saber mais sobre as maneiras de como conseguir sua habilitação na biomedicina clique aqui

Pós-graduação

Esse termo é utilizado para descrever várias modalidades de ensino que o profissional já graduado pode realizar para se aperfeiçoar.

O mais importante aqui é você estar ciente que para fazer uma pós-graduação é necessário já ter terminado a graduação, daí a origem do termo: PÓS-graduação.

Algumas empresas até permitem que alunos do último ano de biomedicina comecem a fazer o curso mas, para pegar o diploma no final do curso, é necessário já estar com o diploma da graduação em mãos.

São exemplos de tipos de pós-graduação: especialização, mestrado e doutorado, residência multiprofissional, MBA etc.

Especialização

Os cursos de especialização geralmente são oferecidos por empresas privadas, como a AGD Cursos por exemplo.

A carga horária mínima permitida, exigido pelo Ministério da Educação, é de 360 horas. Cursos com menos horas que isso não são considerados pós-graduação.

Uma das principais características dos cursos de especialização é que geralmente as aulas são mensais ou quinzenais, aos finais de semana (sexta, sábado e domingo).

Sendo assim, a duração desse tipo de curso costuma ser de 18 meses. Mas há cursos que podem ser realizados em menos tempo ou cursos que têm mais horas e demoram mais para acabar.

No final, você fica especialista naquela área do curso. Por exemplo, se eu fizer uma especialização em microbiologia serei especialista nessa área.

Agora, se você quiser ter a habilitação em microbiologia, deve ir no conselho regional e fazer a inclusão no seu registro.

Residência multiprofissional

Para quem já ouviu falar, mas não acreditou, o biomédico pode sim fazer residência. Não é a mesma residência feita pelos médicos. Mas o que é exatamente?

A residência multiprofissional é uma pós-graduação lato sensu para todas as profissões da área da saúde (exceto medicina), com o objetivo de ensinar na prática, e teoria também, uma área específica da profissão.

Leia mais: Dicas para passar e entrar na Residência Multiprofissional

O programa tem duração de dois anos, sendo a carga horária de 5.760 horas. O aluno participará de 80% da carga horária com atividades práticas e 20% com atividades teóricas e é supervisionado por um profissional que trabalha no local onde acontece a residência e um tutor.

O residente recebe uma bolsa no valor de R$ 3.330,43, cedida pelo Ministério da Saúde e da Educação. A dedicação deve ser exclusiva para o programa, não podendo o aluno trabalhar em outro local.

Gravei uma série de stories sobre a residência no Instagram. Confira lá nos destaques do perfil!

Leia mais: Onde encontrar residência multiprofissional para biomédicos no Brasil

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Meste em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro (área de concentração: virologia). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.

  • Compartilhar:

Artigos relacionados

0 comentários