Alfafetoproteína (AFP)

Por Brunno Câmara - sexta-feira, fevereiro 21, 2020



📚🔬 Apostilas e Livro Digitais

Utilize nossas apostilas digitais como material complementar aos seus estudos - hematologia, uroanálise, parasitologia e líquor.



A AFP é uma proteína plasmática produzida pelo saco vitelínico embrionário e fígado fetal.

A dosagem dos níveis de AFP no plasma, líquido amniótico e urina funciona como uma triagem para defeitos congênitos, anormalidades cromossômicas, assim como tumores em adultos e outras patologias.
Esse marcador tumoral é uma glicoproteína codificada pelo gene AFP no cromossomo 4q25.

Níveis pré-natais no desenvolvimento embrionário humano aumentam no final do primeiro trimestre e começam a diminuir após 32 semanas de gestação.

Indicações

As principais razões para solicitar a dosagem laboratorial de AFP são:

  • Idade maternal avançada;
  • Nascimentos anteriores com defeitos cromossomais ou de formação;
  • História familiar de defeitos neonatais;
  • Triagem para alguns tipos de câncer;
  • Acompanhamento da terapêutica anti-câncer.

Significado clínico

Níveis elevados em grávidas:

  • Defeitos do tubo neural;
  • Onfalocele (intestino e outros órgãos permanecem do lado de fora do abdomen dentro de um saco herniático);
  • Gastrosquise (defeito da parede abdominal).

Níveis diminuídos em grávidas:

  • Síndrome de Down.

Níveis elevados em mulher não grávida ou homem adulto:

  • Câncer hepatocelular;
  • Câncer hepático metastático;
  • Cirrose hepática;
  • Hepatite;
  • Tumor de células germinativas;
  • Carcinoma de testículo;
  • Carcinoma de ovário.

Referência

Adigun OO, Khetarpal S. Alpha Fetoprotein (AFP, Maternal Serum Alpha Fetoprotein, MSAFP) [Updated 2019 Feb 22]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2020 Jan-.

Brunno Câmara Autor

Brunno Câmara - Biomédico, CRBM-GO 5596, habilitado em patologia clínica e hematologia. Docente do Ensino Superior. Especialista em Hematologia e Hemoterapia pelo programa de Residência Multiprofissional do Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Mestre em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro (área de concentração: virologia). Coordenador e docente do curso de pós-graduação em Hematologia e Hemoterapia da AGD Cursos. Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Criador e integrante do podcast Biomedcast.
| @biomedicinapadrao | LinkedIn | Lattes |